PRF prende mulher de Minas Gerais que transportava mais de 4 kg de supermaconha

Thais Fátima Militani de Sousa, 32 anos, natural do município de Lavras, estado de Minas Gerais, foi presa pelos agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) neste sábado (3). Segundo informações, era por volta de 6h50, quando na BR 163, em frente a Delegacia da PRF, na serra de Piquiatuba, os agentes localizaram, no interior de um micrônibus de transporte intermunicipal de passageiros da empresa COTAIT, 4 pacotes de substância entorpecente análoga a maconha, possivelmente do tipo “Skank” – também conhecida como supermaconha -, totalizando aproximadamente 4,243 Kg, acondicionada em forma de barras e embaladas à vácuo. As substâncias ilícitas foram encontradas dentro de uma mala pertencente a Thaís, a qual admitiu estar levando a mala com o ilícito.

De acordo com relato da suspeita, ela foi contratada por uma pessoa desconhecida para transportar a droga da cidade de Manaus até a cidade de Belo Horizonte-MG, onde repassaria a uma outra pessoa também desconhecida, sendo que ganharia pelo transporte a importância de 2.000,00 (dois mil reais). Diante dos fatos foi dado voz de prisão a referida autora e realizada a apreensão da droga, com consequente encaminhamento à Polícia Civil de Santarém para os procedimentos de praxe. Foi necessário o uso de algemas, tendo em vista a segurança da equipe e também da abordada.

O delegado plantonista autuou em flagrante a presa, por tráfico de drogas. Thais será encaminhada ao setor feminino do Complexo Penitenciário de Cucurunã.

 

RG 15 / O Impacto com informações da PRF

10 comentários em “PRF prende mulher de Minas Gerais que transportava mais de 4 kg de supermaconha

  • 12 de junho de 2018 em 11:04
    Permalink

    Julgar os outros é fácil. Mas olhar pro próprio rabo ninguém quer. Eu conheço ela a anos. Melhor pessoa na face da terra. Amiga pra todas as hrs. Podendo contar com ela sempre. Amo muito ela de paixão. E convivi muito tempo com ela. Absurdo o q muitos falam aki. Blz ninguém é obrigado a gostar de ninguém. Mas dai qre banca o melhor do q os outros em cima da desgraça alheia me poupe né. Ninguém esta livre de cometer erros na vida. Os q julgam e condenam deve ter feito coisas piores na vida. Vamos amar mais o próximo. Ela tem família, pessoas q amam muito ela. Q estão sofrendo e nao precisam ficar vendo coisas tão maldosas assim não. Ninguém ta falando q é certo o q aconteceu. Cada um tem uma opinião. Mas as ofensas guarde so pra vcs.

    Resposta
  • 5 de abril de 2018 em 21:22
    Permalink

    É jhonny disgraçado ela tem familia seu fdp se eu te achar vc vai ver como é bom falar da vida dos outros… sou primo dela seu cuzao!

    Resposta
  • 6 de fevereiro de 2018 em 11:27
    Permalink

    Piranha eh ela isso sim piranha das raves já fazia tráfico tem muitos anos uma hora a casa cai igual a amiga Dela Viviane. Trabalhar que eh bom n quer n né , tai a consequência do dinheiro de tráfico

    Resposta
  • 5 de fevereiro de 2018 em 11:17
    Permalink

    Lamentável, minha conterrânea lá das minhas Minas Gerais.
    As pessoas tem que entender que por mais que estejamos em crise financeira, atividades envolvendo tráfico de entorpecentes não devem ser praticadas jamais, a punição para esse tipo de crime são extremamente severas, principalmente para os que não são abastados financeiramente e/ou filhos de desembargadores, promotores Juízes etc. Vai ser complicada pra ela se resolver longe da família e BH. Desejo boa sorte e que não volte a fazer isso novamente.

    Resposta
  • 4 de fevereiro de 2018 em 17:41
    Permalink

    Quem é esse Jonny que está falando da minha irmã aí???? Bota a cara, FDP!!!!

    Resposta
  • 3 de fevereiro de 2018 em 14:07
    Permalink

    A tal bonitinha mas ordinária; veja se quer trabalhar, suar a camisa !

    Resposta
    • 3 de fevereiro de 2018 em 16:26
      Permalink

      Só podia ser o Jonny mesmo pra falar merda…

      Resposta
    • 3 de fevereiro de 2018 em 17:40
      Permalink

      Ela não era ordinária, conheço ela, além de um filho pra criar ela tinha muitas dívidas, foi usada se você não entendeu, apenas 4 kilos de skunk? Com certeza foi usada pra desfiar a atenção dos polícias de um possível carregamento bem maior, essa técnica de jogar o boi velhos pras piranhas e assim passar com a boiada saudável e antiga!!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *