Santarém sedia 1º Encontro de Capacitação do Selo UNICEF Edição 2017-2020

Encontro acontecerá nos dias 20 e 21 de fevereiro, no CIAM em Santarém

A 3ª edição do Selo UNICEF dá início à sua primeira etapa, após o processo de adesão dos municípios, com a realização dos ciclos de capacitação para as equipes municipais. O Pará realiza sua segunda oficina, nos próximos dias 20 e 21, em Santarém (PA), para técnicos, gestores e conselheiros. A adesão no estado foi de 80% dos municípios. Em Santarém, estão sendo chamados 25 municípios.

A primeira oficina foi realizada em Janeiro, na capital paraense (Belém) e uma terceira será promovida em Marabá. O Selo UNICEF é realizado em parceria com o Governo do Estado e o Instituto Peabiru, e apoio da Prefeitura de Santarém.

Participam dessa capacitação: Aveiro, Alenquer, Almerim, Belterra, Brasil Novo, Curuá, Faro, Jacareacanga, Medicilândia, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Novo Progresso, Óbidos, Oriximiná, Placas, Porto de Moz, Prainha, Rurópolis, Santarém, Senador José Porfírio, Terra Santa, Uruará e Vitória do Xingu.

3ª edição – Entre os meses de junho e agosto passado, o UNICEF, em articulação com os Governos e organizações ligadas às prefeituras, mobilizou os nove Estados da Amazônia Legal, tendo conseguido a adesão de 622 municípios, de um total de 805 convidados.  Os municípios que se inscreveram assumiram o compromisso de elaborar um Plano Municipal de Ação para enfrentar os principais problemas que afetam meninos e meninas, nas áreas de saúde, educação, proteção e participação social de crianças e adolescentes.

O UNICEF, por sua vez, promove a capacitação de gestores e técnicos municipais, com o objetivo de qualificar a sua atuação nos processos de elaboração, execução, monitoramento e avaliação de políticas públicas nas áreas de saúde, educação, assistência social, comunicação, cultura, esporte e lazer.

Neste primeiro ciclo de capacitação, a oficina irá tratar dos seguintes conteúdos: como funciona o Selo UNICEF; a apresentação da Metodologia desta edição; os resultados esperados dos municípios participantes; os indicadores que serão monitorados e como os municípios serão avaliados e como deverão realizar o 1º Fórum Comunitário, etapa obrigatória na realização do Selo.

No final da edição, os inscritos serão avaliados por meio de indicadores quantitativos e qualitativos relacionados com o impacto social que o programa teve no município e com as ações estratégicas e políticas públicas desenvolvidas.

O Selo UNICEF conta ainda com as parcerias da Cemar, Celtins, Energisa, Neve, Amil e RGE.

Fonte: RG 15/O Impacto e Ascom/Unicef

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *