Projeto “Arte do Carimbó” será permanente no Parque da Cidade

O Movimento de Carimbó e a Prefeitura de Santarém, através das Secretarias Municipais de Cultura (Semc), Agricultura e Pesca (Semap), Turismo (Semtur) e Secretaria de Meio Ambiente (Semma), estrearam, no último sábado (7), o Projeto “Arte do Carimbó”, com apresentação de rodas de carimbó e oficinas lúdicas.

O evento aconteceu no Parque da Cidade e está previsto para ser uma programação permanente aos sábados, a partir das 17h com um momento de recreação, seguido por rodas de carimbó às 20h.

Luís Alberto Figueira, Secretário Municipal de Cultura, destacou o empenho do governo municipal em fortalecer os movimentos culturais através de eventos como este. “É grande a satisfação de iniciarmos este projeto junto com o Movimento de Carimbó. Almejamos fortalecer as atividades dos mestres e grupos de carimbó através da inserção em eventos culturais da região, incentivando assim, a criação de novos grupos por meio de capacitação, organização, elaboração de shows e criação de mecanismos de auto-sustentação”.

Ao som das maracas e curimbós, instrumentos de percussão típicos do carimbó, as dançarinas empolgaram e encantaram os frequentadores do Parque através do gingado do ritmo amazônico. “Impossível ficar parado ao som do carimbó. Essa parceria com a Prefeitura de Santarém é uma excelente oportunidade de dar visibilidade a este ritmo. Queremos ensinar a história da dança com todas as atribuições que a envolvem como o vestuário, os acessórios e os intrumentos, massificando a arte além da musicalidade e percussão”, explicou o mestre de carimbó, Chico Malta.

“No próximo sábado (14), estaremos novamente no Parque da Cidade com a apresentação do grupo Kautá de Carimbó”, disse Hermes Cavalcante, mestre de carimbó, que aproveitou a oportunidade para agradecer o Çairé 2017, evento trisecular do município de Santarém que deu maior destaque ao carimbó. Afirmou ainda que a arte do carimbó deve ser levada, também, as áreas mais afastadas da zona central.

Anderson Farias, que no momento do evento passeava pelo Parque, elogiou a iniciativa. “Estou frequentemente no Parque e dificilmente temos contato com uma apresentação dessas em área pública. Exibir para a população este ritmo característico de nossas raízes culturais é uma excelente iniciativa”, declarou.

No primeiro dia do projeto, cinco grupos de carimbó, ligados ao Movimento de Carimbó, realizaram apresentações.

Fonte: RG 15/O Impacto e Ascom/PMS

2 comentários em “Projeto “Arte do Carimbó” será permanente no Parque da Cidade

  • 13 de abril de 2018 em 01:32
    Permalink

    O último concurso para soldado combatente da PMDF ocorreu em 2012 e ofertou mil vagas no quadro permanente da corporação. A divisão das vagas aconteceu da seguinte forma: 964 vagas eram para soldado combatente (790 homens e 174 mulheres), 24 para soldado corneteiro (ambos os sexos) e 12 para músico (ambos os sexos nas especialidade de oboé/corne inglês, clarineta, clarinete, saxofone, trompa, trompete, trombone-tenor 1 e baixo, tuba, bateria e percussão sinfônica). Saiba +

    Resposta
  • 11 de abril de 2018 em 20:34
    Permalink

    Se retirar umas “dançarinas” esquálidas, que tentam se passar por mulher, o folclore fica mais autêntico, convincente e melhor representado !

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *