Bocão Ed. 1227

ACABOU O LEITE

O prefeito Nélio vai convidar um Promotor de Justiça para assumir a Procuradoria Jurídica da Prefeitura e um servidor da Receita Federal para assessorá-lo como adjunto em 2019. Segundo está sendo ventilado, não sabemos se é verdade, vamos apurar já que surgiu um boato que Nélio não está atendendo pedidos de alguns vereadores que agem à margem da Lei.

ACABOU O LEITE 2

Um boato chegou aos ouvidos do Prefeito que um grupo de vereadores está se organizando para exigir do Prefeito Nélio algumas vantagens financeiras ou procedimentos indevidos. Para isso, vão travar alguns projetos de interesse da população. Isso está sendo ventilado, já que Nélio não vai aceitar pedido de interesse pessoal e sim de interesse público. Por esse motivo, tomou a decisão de convidar um Promotor e um servidor da Receita Federal para trabalhar na Prefeitura.

ACABOU O LEITE 3

Segundo os boatos, tem vereador que foi para mesa achando que agora vai conseguir mensalão para votar os projetos do executivo.  Se acha que realmente isso vai acontecer, vai quebrar a cara. Vai cair nas garras da PERGUFA, já que no próximo ano, Nélio vai convidar um Promotor do MPE e um servidor da Receita Federal, para lidar diretamente com a Câmara e levantar a vida pessoal de quem pensar em querer vantagens indevidas à margem da Lei.

ACABOU O LEITE 4

Segundo o boato, um pedido vai ser protocolado junto à Receita Federal e ao Ministério Público em 2019,para investigar um vereador novato que em menos de dois anos de mandato mudou o padrão de vida, uma vez que anda até de carrão.  Será que só com o salário  de vereador dá para mudar tanto assim?

ACABOU O LEITE 5

Nélio não vai aceitar e caso seus projetos de interesse público não sejam aprovados, vai submeter ao MPE se for recurso do Estado e ao MPF se for recurso da União. Portanto, fica o alerta, Nélio pode proceder dessa maneira, visto que a Lei permite, para isso as explicações do vereador terão que convencer o Prefeito Nélio, já que interesse público está acima de interesse particular.Depois de tomar conhecimento desses possíveis procedimentos, pedimos ao Presidente Emir que não deixe a Câmara virar balcão de negócios.

 


SEFA

O Setor de Dívida Ativa deve ter cuidado ao encaminhar cobrança ao cartório. O contribuinte está sendo cobrado por valores prescritos, que vêm causando sérios prejuízos na hora de se defender, o cartório não quer nem saber, pois recebe e notifica para receber, ficando o contribuinte com o nome sujo, uma vez que a SEFA não está nem aí para corrigir.

SEFA 2

O contribuinte, já com o nome sujo, tem que provar que os valores estão prescritos, isso se chama enriquecimento ilícito do Estado, podendo o contribuinte ingressar com ação de indenização, somente assim, a SEFA ou a Procuradoria podem analisar as cobranças antes de encaminhar ao cartório, já que fica difícil o contribuinte limpar seu nome pela lentidão da SEFA em resolver a situação, mesmo o contribuinte estando certo.


CAPITAL DO FUTEBOL PARAENSE

Em 2019, novamente Santarém será a capital do futebol do Pará, uma vez que possui a maior quantidade de times disputando o Campeonato Paraense 2019. Com certeza isso é orgulho não só para os santarenos, como para a região do oeste do estado. Porém, é preciso aprendermos com os erros, e trabalhar com seriedade para buscar o título, mas acima de tudo se manter na elite, e tornar realidade o fortalecimento do futebol da nossa região.

CAPITAL DO FUTEBOL PARAENSE 2

Os dirigentes devem ter os pés no chão, valorizando jogadores locais, que não sobrecarregam a folha de pagamento, e podem ser um diferencial, uma vez que os atletas que já participaram de várias edições da competição, estão manjados e são conhecidos pelos adversários. É claro que se precisa valorizar a experiência, pois é um campeonato curto, então o equilíbrio é o ideal.

CAPITAL DO FUTEBOL PARAENSE 3

Jogar e vencer em casa sempre é um aspecto importante, não se pode passar em branco, a prioridade também é atrair o torcedor, e com certeza a política de preços de ingressos deve ser revista. É melhor encher o estádio Colosso do Tapajós com ingressos a preço populares ou ter a presença de alguns gatos pingados com preços de elite? Hoje, o chamado torcedor povão, não tem como sair da periferia e ir ao estádio, devido ao fato de não ter condição de adquirir o ingresso. Outro problema, é o transporte coletivo, que não possui planejamento dos itinerários para levar e trazer o torcedor.

CAPITAL DO FUTEBOL PARAENSE 4

Apesar de serem adversários da competição, São Francisco, São Raimundo e Tapajós têm de se unir em prol de um objetivo maior, que é o fortalecimento do futebol regional. Dentro de campo, cada equipe lutará pela vitória, fora é preciso se apoiarem. Que tal na pré-temporada realizarem conjuntamente eventos como workshop, seminários, oficinas e palestras específicas como psicologia no esporte? Também, realizarem um pequeno torneio entre si, ou amistosos. Fica a dica!

Por: Emanuel Rocha

15 comentários em “Bocão Ed. 1227

  • 13 de dezembro de 2018 em 10:48
    Permalink

    bocão o meu sogro está no hospital municipal internado ontem estavam esperando o médico para avaliação e não apareceu cade está secretária municipal de saúde e este instituto pan-americano gestão que não manda nada porfavor bocão põem para arrocha ok

    Resposta
  • 8 de dezembro de 2018 em 14:35
    Permalink

    BOCÃO SERÁ QUE O TERRA LEGAL VAI ABRIR AINDA ESTE ANO POIS ESTIVE LÁ ONTEM 11 HORAS E TAVA AINDA SEM ENERGIA, E NEMHUMA AUTORIDADE SE PRONUNCIA

    Resposta
  • 7 de dezembro de 2018 em 17:37
    Permalink

    SEFA e suas cobranças abusivas. Ela e a Celpa tiveram o mesmo professor.

    Resposta
  • 7 de dezembro de 2018 em 17:33
    Permalink

    Após o prazo, credores não podem restringir crédito ou mover ação judicial. Simples assim!

    Resposta
  • 7 de dezembro de 2018 em 17:21
    Permalink

    Essa corja de parasitas mamou nos nossos bolsos, surrupiou o dinheiro que produzimos com nosso trabalho, levou nossos impostos na mão grande e goela larga. #mesolta

    Resposta
  • 7 de dezembro de 2018 em 07:59
    Permalink

    Esse sistema da Sefa é muito falho, qualquer coisinha demora uma eternidade para se resolver. Tudo muito burocrático. Parece que foi feito exatamente para causar prejuizo ao empresario e enriquecer o Estado. Ou os servidores?

    Resposta
  • 7 de dezembro de 2018 em 07:55
    Permalink

    Deveríamos mudar todo esse grupo de vereadores ai. Por que pelo que parece todos sao farinhas do mesmo saco. Ou quase todos. Tem uns 2 gatos pingados lá que tem coragem de levantar a voz para defender a população. Os outros sao td da laia do prefeito.

    Resposta
  • 7 de dezembro de 2018 em 07:53
    Permalink

    O futebol santareno precisa aprender com seus proprios erros. Deixar desse efeito sanfona dos tempos passados. Ganha um campeonato e no ano seguinte parece que esqueceram td q trabalharam e vai tudo por agua abaixo.

    Resposta
  • 7 de dezembro de 2018 em 07:50
    Permalink

    Até que enfim o Nélio estará agindo com inteligência se fizer isso. Esse vereadores nao tem vergonha na cara. Estão acostumados com a mamada. Pegam o deles por fora para fazer vista grossa aos problemas do municipio.

    Resposta
  • 7 de dezembro de 2018 em 01:27
    Permalink

    Gostei muito do seu post, vou acompanhar o seu blog/site.
    Este tipo de conteúdo tem me ajudado muito no desenvolvimento pessoal.
    Obrigado
    Manuela Silva

    Resposta
  • 6 de dezembro de 2018 em 23:07
    Permalink

    BOCÃO O TERRA LEGAL JÁ ESTAR HÁ 15 DIAS SEM ENERGIA E VOCE NÃO FEZ NADA, A REPUBLICA DE MONTE ALEGRE É FORTE MESMO, SEM ENERGIA, SEM ATENDIMENTOS, SEM TITULOS COMO DIZ O BORIS CASOY ,ISTO É UMA VERGONHA

    Resposta
    • 7 de dezembro de 2018 em 11:05
      Permalink

      bocão tu estas sabendo que o márcio ex-super tem sitio pois eu estava no incra escutei alguém falando que veio alguma coisa para ele será que era semente ministério publico investiga.

      Resposta
  • 6 de dezembro de 2018 em 18:08
    Permalink

    Essas lambanças da SEFA estão próximas do fim !

    Resposta
  • 6 de dezembro de 2018 em 16:10
    Permalink

    É um absurdo o contribuinte com o débito prescrito não poder resolver junto a SEFA. Isso é a prova da ineficácia do serviço público. Primeiro tem que ajuizar para depois provar que está prescrito, usando a máquina do governo desnecessariamente, brincando do cola, posto que se não for alegado, continuará sendo devedor.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *