UM SANTARENO ESQUECIDO E INJUSTIÇADO

No último dia 08 de julho, se vivo estivesse, JOSÉ MARIA MATOS estaria completando 90 anos. Para muitos um desconhecido. Mas para outros que tiveram a oportunidade de lhe conhecer, tem-no como um santareno muito benquisto pelos mocorongos e hoje mais um ilustre filho injustiçado, talvez pelo desconhecimento da história por parte dos representantes do povo, desta terra tupaiu. O Seu JOSÉ MARIA era pai do ilustre Sociólogo EMANUEL MATOS, a quem leio, diariamente, e ouço seus comentários na TV NAZARÉ. Foi um Católico fervoroso, membro da Congregação Mariana, desportista, foi presidente do São Francisco Futebol Clube. Político, vereador, chegando até a Presidente da Câmara Municipal de Santarém e Vice Prefeito no primeiro mandato do Dr. Everaldo Martins, cujo “Jingles” de campanha, a primeira parte, era: “EVERALDO E JOSÉ MARIA TEM DIREITO A SANTARÉM’’. Encerrado o mandato mudou-se para a capital do estado para oferecer melhor educação para os seus filhos(naquela época, nunca se imaginava que Santarém se tornaria a cidade universitária que é hoje). Era muito amigo do meu saudoso pai Élvio Fonseca, e sempre que meu pai ia à Belém, era visita obrigatória ao seu amigo, para mantê-lo atualizado sobre as coisas da terra, até quando se separaram de vez para a eternidade. JOSÉ MARIA MATOS morava em um “bangalow” (assim que chamava naquela época as casas de dois andares, em alvenaria) na Av. Galdino Veloso bem ao lado da casa de seus familiares,  que ficava na esquina da Travessa Barão do Rio Branco havia um quintal, bem ajardinado, com plantas regionais, nem se imagina hoje como era, quem passa pelo local, descaracterizado pelo “progresso”. (conheci também um seu irmão. Era o irmão Franciscano Carlos que encadernava os nossos livros no Seminário São Pio X, em Santarém).

O ilustre santareno é mais um dos muitos injustiçados, enquanto uns tem muitas homenagens, (até retiradas de pauta na Câmara e arquivadas) outros não. E este santareno, até agora, não mereceu nenhuma, por quê? Creio porque os representantes do povo são imediatistas e não conhecem quem foi quem, na Pérola,e que ajudou a construir esta cidade. Falta conhecimento da história e dos personagens que fizeram a história de Santarém. JOSÉ MARIA MATOS só perde em esquecimento e injustiça,para o ex prefeito Elias Pinto, (muito querido pelo povo santareno e povo das colônias, quase todos nordestinos)  que foi homenageado numa Praça, sem identificação, e quase ninguém sabe que aquela pracinha na confluência da Mendonça Furtado com a Rui Barbosa, no bairro da Prainha, é a Praça Elias Pinto e só…que tal senhores vereadores, por uma questão de justiça, a quem foi tão importante para história deste município, seja imortalizado em um trabalho legislativo, neste segundo semestre na volta aos trabalhos, após o recesso parlamentar.////Embora o nosso prefeito tenha efetuado inaugurações de duas academias ao ar livre, aqui na cidade e uma em Alter do Chão, durante as comemorações dos 358 anos de Santarém,  A Secretária ou setor dela, responsável pela  manutenção das academias, não “moveu uma palha”, nas demais academias existentes na cidade e que  a grande maioriaestá em estado “deplorável”, enferrujadas e caindo aos pedaços, aliado a isso, ainda tem os vândalos que acham a facilidade de não ter ninguém que tome conta da praça, e fazem aquela bagunça e fica por isso mesmo, e o povo paga a conta! Não seria bom, ou melhor, recuperar asjá existentes e entregar  à população toda, bonitinha?////REPÚBLICA DAS BESTAS, pois de otários, é muito simplório. Talvez, assim pensem esses (in)dignos representantes do povo brasileiro, no PLANALTO.Pois neste momento conturbado de votações de reformas e emendas para equilibrar o caixa do País, onde não mexem com nenhum dos benefícios e regalias desses “caras de pau”, que, famintos, querem sempre mais. E, ainda, esses “abusados” querem incluir na Lei do Orçamento da União para 2020, a “bagatela” de três bilhões e setecentos milhões, para distribuir para os partidos políticos pelo Fundo Partidário, para a eleição de 2020. O relator é o deputado Federal CACÁ LEÃO do PP-Ba (nome LEÃO), vejamsó! Sustentamos esse pessoal, com toda a mordomia lá em Brasília, e acham pouco,  financiamos “bancamos” a permanência deles, nessa moleza, de “marajá” em detrimento das humilhações que povo brasileiro passa, nas filas dos serviços de saúde, as filas e muitas vezes dormindo na rua para guardar a vaga da matrícula na escola publicou nas creches. O transporte público, a segurança e as demais mazelas que a sociedade brasileira está exposta deste o nascimento até a morte. Comecem a pensar nisso eleitor////Dia 05 de julho a Radio Rural de Santarém completou 55 anos de bons serviços radiofônicos em Santarém e na Amazônia. Serviu-me para lembrar que quando o Frei Nestor ia colocar os equipamentos em experiência, lá nas matas do Caranazal, hoje, onde está a suntuosa igreja de São Francisco, pelas quatro e meia da madrugada, era o horário que meu saudoso pai, me chamava e aos meus irmão, para carregar, ou “encher água”. E assim passei parte da minha infância. No dia 06.07, deste ano festejaram a chegada de uma bomba da COSANPA, para diminuir o problema de água em alguns bairros de Santarém. Não vi vantagem, pois, só do que estou falando. São cinquenta e cinco anos de sofrimento da população santarena, por conta, atualmente, dos desmandos, descasos, da COSANPA. Resta-nos ver se nessa época em que o governador não sai de Santarém, tem-se uma secretaria de governo, para cá para a região Oeste do Pará, se consiga uma significante melhoria(porque acabar com o problema não vai, a cidade cresce, desordenadamente, todos os dias).////COMO URUBU DO VER O PESO é como penso destes proprietários de embarcações que não querem ir para o novo terminal fluvial, na área da antiga TECEJUTA, na Prainha, alegando que é ruim para manobrar, e insistem em desrespeitar o município e continuam atracando na Praça Tiradentes, que tanto criticavam. Inclusive estão atrapalhando a continuação da obras da orala. E uerem por querem ficar na Tiradentes,aí eu penso que deve ser porque lá a “sacanagem” é melhor, como urubu do ver-o-peso.////

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *