Polícia Civil e MP devem acionar Zenaldo Coutinho por vídeo Fake News

A Polícia Civil e Ministério Público devem acionar o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, para que ele esclareça o vídeo massivamente divulgado nas redes sociais e grupos de WhatsApp, no qual ele afirma que o prefeito de Santarém, realizaria coletiva de imprensa para desmentir a Sespa, sobre o caso da idosa vítima de Covid-19 em Alter do Chão, no município de Santarém.

“Uma notícias que acaba de chegar, é que o prefeito de Santarém, vai dá coletiva agora, para desmentir a Secretaria de Saúde do Estado, sobre a idosa que morreu lá em Santarém. Ela não tinha a Covid-19, não estava doente com coronavírus. Acabou de chegar na minha mão, uma denúncia, do próprio prefeito de Santarém, que é médico, Nélio Aguiar”, disse o prefeito de Belém, durante live (vídeo ao vivo) nas redes sociais, na tarde de quarta-feira (1º).

De acordo com informações, em meio à pandemia da Covid-19, Zenaldo Coutinho, tem mantido uma postura nada condizente com o que seria necessário no período de calamidade. Em vez de buscar o diálogo com as Instituições, tem realizado oposição desnecessária.

A estratégia infeliz acabou resultando na triste situação em que o gestor público, que deveria se pautar na ética, transparência e decoro, age ao contrário, espalhando Fake News, na ânsia de atingir as autoridades, que para ele, segundo informações, ainda são adversários políticos em meia à emergência de saúde nacional.

Na manhã de quinta-feira (2), em nova Live, o prefeito de Belém, se retratou.

“Gostaria de me reportar do episódio que aconteceu ontem [quarta-feira, 1º], quase ao final da live, quando o jornalista Manoel Leite, me entregou um informe, dizendo que o prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, iria informar a respeito a respeito da contestação ao laudo de uma paciente que teria falecido, segundo a Sespa, de coronavírus, e que havia está contestação local, dizendo que não. E eu, portanto, anunciei, naquela altura, estaria entrando em coletiva o prefeito de Santarém, para fazer esse informe. Posteriormente, eu venho a saber que não. Que a informação não batia. O prefeito iria ratificar a informação da Sespa, através de um laboratório de Minas Gerais, confirmando que a senhora teria falecido, vítima de Coronavírus. Eu, portanto, inicio, essa minha live, pedindo desculpa ao Nélio. Como era que eu iria afirmar que ele estaria entrando em um coletiva, se não fosse do meu convencimento, a partir da informação que o jornalista me trouxe. Portanto, nesse aspecto, obviamente, a informação estava totalmente errada”, argumentou Zenaldo Coutinho.

RG 15 / O Impacto

Um comentário em “Polícia Civil e MP devem acionar Zenaldo Coutinho por vídeo Fake News

  • 3 de abril de 2020 em 13:14
    Permalink

    O BolsoNero é campeão em postar e compartilhar fake news, e eté agora nem MPF, AGU, PF tomaram alguma providência contra as insanidades que ele pratica. Brasil País da HIPOCRISIA.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *