ARCON apreende ônibus que fazia o transporte clandestino de passageiros

Na manhã de quinta-feira(14), a Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos (ARCON), fez a apreensão de um ônibus que estava fazendo o transporte clandestino de passageiros entre os municípios de Belterra e Santarém.

As denúncias de transporte clandestino de passageiros nas linhas intermunicipais em nossa região são constantes, inclusive com flagrantes de superlotação e transporte de cargas e passageiros amontoados nos ônibus.

Com a pandemia do coronavírus a preocupação aumenta, em especial nas comunidades rurais, onde os moradores se deslocam para Santarém, cidade com alto índice de contaminação, o que levou o ICMBio a acionar a ARCON para que fosse intensificada a fiscalização para garantir a saúde das populações tradicionais e indígenas residentes na Flona do Tapajós.

A Supervisora da ARCON em Santarém, Hitatiana Castro, a informou que o órgão continuará o combate ao transporte clandestino de passageiros na Região Metropolitana de Santarém para garantir que os usuários dos serviços possam transitar com segurança e em veículos que atendam às exigências para o transporte digno de passageiros.

RG 15 / O Impacto

Um comentário em “ARCON apreende ônibus que fazia o transporte clandestino de passageiros

  • 17 de maio de 2020 em 01:15
    Permalink

    Direito de resposta. A cooperativa coopertapajos, q representa os transporte na área rural, esteve junto dessa operação quando foi feito essa apreensão eu tive lá presente com supervisora de fiscalização da Arcon Hitatiane, tentando liberar o ônibus do cooperado mas não conseguimos. Veja ela alegar cladesti idade no transporte mas só agora no momento que estamos atrefesando o covd 19 onde toda repartição puplica está sem atendimento presencial. Ela alegou que q ônibus era de Belterra. Não são Rdo. Muju vem pela BR ,163. Passa no Amapá até Santarém. Alvo seria os carros q vem da flona do tapajós. Pra mim enrregular com abuso de autoridade . Abraços. Gilvan Morais presidente da Coop.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *