Tratores e armas de fogo são localizados em operação policial que resultou na apreensão de 100 m³ de madeira ilegal em Santarém

Equipes da 1ª Companhia Independente de Policiamento Ambiental (1ª Cipamb), com o apoio da Polícia Civil, apreenderam mais de 100 metros cúbicos de madeira explorada ilegalmente na região do Chapadão, município de Santarém, no Baixo Amazonas. Além da madeira, os policiais encontraram tratores, rádio comunicador e espingardas durante a operação realizada na quarta-feira (19).

A exploração de madeira era realizada no ramal que dá acesso ao município de Placas e foi descoberta por meio de denúncia anônima. No local, os policiais militares flagraram sete pessoas trabalhando no beneficiamento de madeira explorada sem prévia autorização. Ao todo, foram apreendidos mais de 100 metros cúbicos de madeira das espécies maçaranduba, castanheira, pequiá e angelim, muito utilizadas na confecção de móveis de alta durabilidade. Também foram apreendidos tratores, rádio comunicador, caminhão, maquinário utilizado para o beneficiamento da madeira, dez celulares e cinco espingardas de calibres 28 e 20.

Com o apoio de equipes da Polícia Civil, os sete homens flagrados na exploração ilegal de madeira foram conduzidos para a Delegacia de Conflitos Agrários (Deca) de Santarém. A quantidade total da madeira apreendida será contabilizada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) nesta quinta-feira (20).

Materiais apreendidos:

02 ( duas ) INDUSPAM – maquinário utilizado para o beneficiamento da madeira

02 ( dois ) tratores – sendo uma Carregadeira e um Slide

01 ( um ) rádio comunicador

05 ( cinco ) espingardas, sendo 04 cal. 28 e 01 cal. 20

01 ( um ) motor gerador

01 ( um ) caminhão de placa JDM 8886

01 ( uma ) máquina de solda

01 ( um ) compressor

Grande quantidade de madeira beneficiada, da espécie Maçaranduba, castanheira, piquiá, angelim

01 ( moto ) sem placa

10 ( dez ) aparelhos celulares, marcas diversas

 

RG 15 / O Impacto com informações da Agência Pará

Foto: divulgação 1ª Cipamb

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *