Morador de Aveiro morre à espera de leito de UTI

A falta de leito de UTI em Itaituba e região foi decisiva para a morte Reinaldo Vitorino Prata, comerciante morador da comunidade de Curi,no município de Aveiro.

Ele faleceu no início da tarde de domingo (23), após ser internado na sexta-feira(21), no Hospital Municipal de Itaituba devido agravamento de ferrada de arraia.

Segundo familiares, sem UTI no Hospital Regional do Tapajós, aguardavam vaga no Hospital Regional de Santarém, contudo, a espera tornou-se fatal.

Com o possível descaso das autoridades públicas, parentes e amigos já haviam iniciado uma transferência particular, mais infelizmente, já era tarde.

Revoltados e indignados com o acontecido, familiares e amigos de Reinaldo questionam o funcionamento parcial do Hospital Regional do Tapajós.

RG 15 / O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *