Aumenta o número de santarenos vítimas do golpe que some com saldo do saque emergencial do FGTS

Em Santarém, tem crescido exponencialmente a quantidade de vítimas que tiveram subtraída o valor de R$ 1.045,00 do saque emergencial do FGTS.

De acordo com informações, os golpistas utilizam os CPF’s das vítimas para acessarem o aplicativo Caixa Tem, e fazem pagamento de boletos para sacarem os valores.

Os segurados estão tendo o valor enviado inicialmente para a poupança digital, cujo saldo fica disponível apenas para pagamento de boletos. Somente após um período de cerca de 30 dias, podem realizar o saque em espécie nas agências da Caixa ou Lotéricas, ou fazerem transferência para outra conta.

No entanto, muitas pessoas estão sendo surpreendidas ao acessar a plataforma e descobrir que o benefício já foi retirado, por meio de pagamento de boletos.

Uma das vítimas ouvidas pelo O Impacto relatou que enfrentou uma verdadeira odisseia para obter informações sobre o que teria ocorrido, e posteriormente, para tentar registrar o Boletim de Ocorrência na Polícia Federal e na Polícia Civil.

Na agência da Caixa Econômica de Santarém foram cerca de 4 horas de espera, e quando atendida não recebeu qualquer tipo de protocolo, sendo informada que o banco retornará no prazo de 10 dias. A vítima teve o valor sacado no dia 18 de setembro.

RG 15 / O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *