Trecho do programa da TV Impacto fará parte de documentário sobre o Projeto Barão do Rio Branco

Após contato realizado pela jornalista Fernanda Wenzel, a Direção de O Impacto autorizou que um trecho do Programa Impacto News, publicado no dia 12 de fevereiro de 2019, seja veiculado no documentário produzido pela profissional de comunicação e mais dois colegas jornalistas, Fred Rahal e Márcio Isensee.

Com o título provisório ‘BR acima de tudo’, a produção tem como temática o Projeto Barão do Rio Branco.

O trecho de mais de 1 minuto do Impacto News, apresentado pelo jornalista Osvaldo de Andrade, destacou a visita de ministros do Governo Bolsonaro à região Oeste do Pará.

Fernanda Wenzel é Repórter freelancer, cobre temas ambientais, especialmente Amazônia. Escreve para a Piauí, ((o))eco, BBC Brasil, Valor Econômico, The Intercept e Revista Globo Rural.

Acompanhe o vídeo:

DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO AMAZÔNICA

O Projeto Barão do Rio Branco está sendo entendido como um plano de desenvolvimento para região amazônica pelo governo Bolsonaro.  Inicialmente, as discussões giram entorno das seguintes obras/empreendimentos:

Construção de uma ponte sobre o rio Amazonas: a proposta inicial prevê seu traçado pela cidade de Óbidos. Esta ponte possibilitará livre mobilidade de cerca de 800 mil habitantes que moram nas cidades de Almerim, Alenquer, Belterra, Curuá, Faro, Juruti, Monte Alegre, Porto de Moz, Placa, Prainha, Óbidos, Oriximiná, Santarém e Terra Santa, que hoje dependem do transporte hidroviário, muitas vezes indisponível devido às condições climáticas.

A ponte também possibilitará a integração dos modais hidro-rodo-ferroviário com impacto direto na redução do valor frete hidroviário do transporte de grãos na região, uma vez que o porto da cidade de Óbidos possui um calado de 14m capaz de permitir a atracação de embarcações de 30 mil toneladas durante o pico de vazante.

Extensão da BR-163: permitirá a integração, por terra, do estado do Amapá, por meio da interligação entre a BR e a Perimetral Norte (BR-210). A interligação entre as duas rodovias e a construção da ponte sobre o rio Amazonas beneficiarão cerca de 2 milhões de habitantes, contabilizadas a população do Amapá (751 mil habitantes) e a população de Roraima (497 mil habitantes).

Construção de uma hidrelétrica na Calha Norte, na região de Trombetas: estima-se a geração de cerca de 3mil MW de potência, possibilitando segurança energética pela estabilidade de carga em razão da variação anual do regime de águas na região. A hidrelétrica viabilizará, ainda, a industrialização do minério de alumina-alumínio, abundante nos municípios da Calha Norte, principalmente em Oriximá e Óbidos, além da redução dos gastos públicos com o abastecimento de óleo combustível das termoelétricas, com impacto direto na redução de emissão de gás carbônico.

RG 15 / O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *