Artigo – O chefe de defesa do Reino Unido alerta, as consequências da pandemia de Covid podem desencadear a III GUERRA MUNDIAL

Por Oswaldo Bezerra

Até a metade do século passado, as pessoas tinham em seu imaginário que o sistema político do comunismo era a grande saída para a humanidade. Isso foi devido aos países comunistas terem possibilidade de planejamento a longo prazo. Com a economia planificada e sem crises políticas os países comunistas prosperavam.

Por outro lado, os países capitalistas enfrentaram uma terrível depressão econômica que culminou com a quebra da bolsa de 1929. Este período foi caracterizado por altas taxas de desemprego, quedas drásticas do produto interno bruto de diversos países, bem como quedas drásticas na produção industrial, preços de ações, e em toso índices da atividade econômica, em diversos países capitalistas no mundo.

Essa depressão econômica seguiu até o início da Segunda Guerra Mundial dez anos depois. Esta guerra foi o “Grande Reset” da economia mundial. Em uma reunião virtual do Fórum Econômico Mundial (FEM), líderes globais das Nações Unidas, Reino Unido, Estados Unidos, Fundo Monetário Internacional (FMI) e corporações multinacionais discutirão já em 2021 e anunciarão um plano para reiniciar toda humanidade incluindo a economia mundial. Esse plano que se chamará em português “O Grande Reinício”.

Para o Chefe da Defesa do Reino Unido a via para a implantação deste plano não descarta a via pela guerra. Ele alertou que as consequências da pandemia do Covid-19 podem desencadear a III Guerra Mundial. O principal comandante militar do Reino Unido alertou que isso pode ser devido às ramificações econômicas da pandemia.

O general Nick Carter, chefe da equipe de defesa do Reino Unido, disse que o “ritmo” da história sugere a eclosão de um conflito global devido às incertezas causadas pelo coronavírus. O general alertou que a Grã-Bretanha e a comunidade internacional precisariam aprender com a história para evitar os erros que desencadearam as guerras mundiais do século XX.

Em uma entrevista à Sky News no domingo, Carter disse que havia o risco de que um aumento nos conflitos regionais em todo o mundo pudesse se transformar em “uma guerra total”, como foi visto no período que antecedeu a Primeira e a Segunda Guerra Mundial. O veterano militar destacou a possibilidade de haver uma escalada que levaria um erro de cálculo.

“Temos que lembrar que a história pode não se repetir, mas tem um ritmo e se você olhar para o século passado, antes das duas guerras mundiais, foi indiscutível que houve uma escalada que levou ao erro de cálculo, que acabou levando à guerra em uma escala que esperamos nunca mais ver”, disse o alto funcionário britânico.

RG 15 / O Impacto

Um comentário em “Artigo – O chefe de defesa do Reino Unido alerta, as consequências da pandemia de Covid podem desencadear a III GUERRA MUNDIAL

  • 9 de novembro de 2020 em 18:57
    Permalink

    Mui curioso, o articulista relembra a crise mundial de 29 como uma catástrofe somente dos países capitalistas, como se a Rússia, então a primeira e recém vítima do comunismo estivesse um paraíso, ao largo daquela depressão. “Esqueceu” que a teoria marxista sobre planejamento econômico, impôs uma violenta distribuição de terras, desapropriando de quem sabia cultivar e entregando as áreas para os pelegos e gente que nunca havia pego num cabo de enxada. O resultado foi total desabastecimento de gêneros e a morte de mais de 10 milhões de russos, além do desterro para a Sibéria daqueles que ousassem dizer que tudo estava errado, lá padecendo nos campos de concentração !

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *