Mulher é espancada e mantida em cárcere privado com filho de 6 anos, em Altamira

A Polícia Civil de Altamira faz buscas por um homem acusado de agredir e manter em cárcere privado a companheira e o filho dela, de apenas seis anos. O casal estava morando junto há pouco mais de um mês, no bairro Boa Esperança.

No dia 1º de janeiro, a vítima foi mais uma vez espancada e decidiu denunciar o caso à Polícia. Ela relatou que, além da violência doméstica, o acusado a obrigava a se prostituir para lhe dar dinheiro, ameaçando matar a criança caso não fosse obedecido.

Ao chegar no endereço, os policiais encontraram a criança sozinha, trancada no imóvel.

Sidenilson Mendonça Romano, 26 anos, está foragido. Ele possui antecedentes criminais por tráfico de drogas e homicídio. Em maio de 2018 ele foi acusado pela morte do padrasto Miquéias Pereira e tentativa de homicídio do irmão, durante uma briga. A Polícia Civil segue nas investigações.

Fonte: Xingu230

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *