“Rinha de galos” é fechada pela PM em Ananindeua

O Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), unidade que integra o Comando de Policiamento Ambiental (CPA), realizou o fechamento de uma rinha de galos, na segunda-feira (4), no município de Ananindeua, região metropolitana de Belém. No local, cerca de 59 animais foram apreendidos.

Uma operação policial foi realizada pela unidade após tomar conhecimento que em uma chácara, localizada no município de Ananindeua, estava acontecendo maus tratos contra animais. De acordo com as denúncias, no local funcionava uma competição de rinha de galos.

Ao cercarem a chácara, a PM conseguiu apreender 59 galos em situação de maus tratos e diversos medicamentos, como anabolizantes, agulhas, seringas e vários outros objetos que garantiam suporte logístico para o cometimento dessa modalidade de crime no local.

O que diz a Lei: Organizar ou participar de rinha é crime ambiental, definido no artigo 32 da Lei Federal nº 9.605/98 que diz: “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”. Pena, detenção, de três meses a um ano, e multa.

RG 15 / O Impacto com informações da PM

Um comentário em ““Rinha de galos” é fechada pela PM em Ananindeua

  • 9 de janeiro de 2021 em 16:30
    Permalink

    se não for rinha , criar é permitido segundo autorização do mapa PORTARIA Nº 1998, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2018 PÚBLICADA NO DIARIO OFICIAL DA UNIAO, CRIAR NÃO É PROIBIDO

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *