Conselho Regional de Educação Física solicita permanência do funcionamento de academias em Santarém

Em ofício ao Comitê de Crise de Santarém, o Conselho Regional de Educação Física da 18º Região (CREF 18PA-AP), Seccional Santarém, solicitou a garantia da essencialidade da atividade física e do exercício físico, bem como do funcionamento de estabelecimentos de serviços destinados a essa finalidade.

“Buscar por saúde é uma das principais questões vivenciadas pelos paraenses neste momento em que a Pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) nos assola. Não existe dúvida de que a prática de atividade física contribui, sobretudo para a manutenção da saúde, aumenta a imunidade das pessoas, reduz a depressão, segundo estudos já confirmados, e diminui o estresse. A prática periódica de atividades físicas e exercícios físicos ao ar livre, respeitadas as recomendações sanitárias, de higiene e convívio social pelas autoridades, são estimuladas tanto pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como pelo Ministério da Saúde”, argumenta o CREF, acrescentando:

“O bom condicionamento físico está diretamente associado a melhor ativação de sistema imunológico em seres humanos. Conceitualmente é importante compreender que a atividade física é qualquer movimento corporal músculo esquelético que gera dispêndio energético, enquanto o exercício físico é a atividade física planejada e estruturada com o objetivo de manter ou melhorar um aptidão física, desempenho ou rendimento”.

Segundo o documento, dentre todas as profissões de saúde, a educação Física foi a única profissão que foi considerada como não essencial. Desse modo, como forma de contribuir para o bem estar físico e social das pessoas, respeitando os protocolos de higiene e atendimento, é solicitado então que sejam mantidas abertas as academias nesse período de pandemia.

RG 15 / O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *