PF deflagra Operação Mundurukânia 2 para apurar os ataques a agentes de segurança e indígenas em Jacareacanga

Deflagrada nesta quarta-feira, 16 de junho, a Operação Mundurukânia 2. Realizada pela Polícia Federal, em conjunto com a Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) e Força Aérea Brasileira (FBA), a Operação tem por objetivo instruir os inquéritos policiais instaurados para apurar os fatos ocorridos entre 25 a 27 de maio deste ano corrente, consistente nas manifestações violentas com ataques contra os agentes de segurança pública que participaram da Operação Mundurukânia, bem como dos incêndios nas residências das lideranças indígenas munduruku.

A Operação Mundurukânia 1 teve como escopo combater a prática clandestina de garimpos nas terras indígenas Munduruku e Sai Cinza, no município de Jacareacanga/PA. Essa prática, além de provocar graves danos ao meio ambiente devido ao uso de produtos químicos altamente nocivos, causando a poluição de rios e lençóis freáticos, também gera uma série de outros problemas sociais na região, como conflitos entre garimpeiros e indígenas.

Quarenta e cinco (45) policiais federais e trinta (30) integrantes da FNSP, além de militares da FAB, estão dando cumprimento a 05 (cinco) mandados de busca e apreensão, além de 6 mandados de prisão preventiva, expedidos pela Justiça Federal de Itaituba/PA.

Os crimes investigados são de associação criminosa (art. 288 do CP), incêndio (art. 250 do CP), atentado contra a segurança de transporte marítimo, fluvial ou aéreo (art. 261 do CP) e coação no curso do processo (art. 344 do CP), além outros crimes que venham a ser descobertos ao longo da investigação.

RG 15 / O Impacto com informações da PF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *