Evitar que pessoas saiam para shows em outras cidades pode diminuir contaminação pela covid-19

Santarém está impedida de realizar grande eventos por decisão judicial

Em Santarém, uma decisão judicial proíbe a realização de shows e festas. Por esse motivo, muitas pessoas estão indo para outros municípios, onde está permitido a realização desses eventos. Esse deslocamento devido à proibição pode provocar o retorno de pessoas contaminadas pela covid-19.

As pessoas saem de seus meios sociais e interagem com novas pessoas, desconhecidas. Também não é novidade que Santarém tem a maior rede de combate à covid-19 no oeste paraense.

O segmento de realização de eventos também foi um dos mais prejudicados pela pandemia em Santarém. Com o atual cenário de impedimento judicial, ainda não pode se reerguer.

“Não podemos realizar grandes shows. Nossos eventos ajudam a reerguer a economia da cidade, que é outra guerra travada nessa pandemia. O desemprego é grande e muitas famílias estão passando necessidade. Já é o tempo se de discutir a realizar de eventos testes com o avanço da vacinação”, disse um promotor de festas à nossa reportagem.

São muitas famílias que estão desempregadas e sem recursos para o sustento familiar. Quem pode mudou de atividade, mas quem não tem alternativa fica à mercê de ajuda de terceiros e do poder público.

Já chegou a hora de realizar eventos testes com a cobrança da comprovação da vacinação. É uma estratégia que deve inclusive ajudar com os jovens se vacinem e não deixem de tomar a segunda dose. É importante também se comprometer a usar máscaras, manter as medidas de higiene adequadas, como uso de álcool gel 70%, e lavar as mãos com água e sabão.

A retomada gradativa das atividades dentro do município e evitando que as pessoas saiam e fiquem aqui até nos momentos de diversão pode ser uma das armas para evitar a contaminação até por novas variantes do novo coronavírus.

 

Da Redação

RG 15 / O Impacto

Imagem: Divulgação/Pixabay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *