Vítima de atentado em Tailândia morre após dois dias no hospital

Walmir Cunha Coutinho, de 48 anos, morreu na segunda-feira, 20, após passar dois dias lutando pela vida no Hospital Geral de Tailândia (HGT), na região nordeste do Pará.

Ele sofreu um atentado a tiros na noite da última sexta-feira, 17, no centro da cidade. Ele foi atingido por pelo menos três disparos, um deles na cabeça. O atirador, que ainda não foi identificado, chegou ao local de carro e atirou contra a vítima, que conversava com amigos e não teve chance de defesa.

Walmir, que era funcionário de uma fazenda na região, chegou a ser socorrido com vida e foi levado ao HGT, onde permaneceu internado até a manhã de hoje, quando evoluiu para óbito.

As circunstâncias do crime permanecem um mistério para as pessoas próximas da vítima, que dizem desconhecer o que poderia ter motivado a ação, com características de execução.

A redação do Portal Roma News tentou contato com o delegado João Bosco, de Tailândia, para obter informações sobre o andamento das investigações, mas, até o momento, não obteve respostas.

Fonte: Roma News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *