Proprietário invisível

Por José Ronaldo Dias Campos*

Quem será o proprietário do cobiçado quarteirão localizado no centro da cidade, onde funcionou, por longas décadas, o saudoso Estádio Elinaldo Barbosa, que há anos serve, tão somente, à especulação imobiliária?

Creio que já é hora do município atribuir função social àquela área, desapropriando-a, pois só assim conheceremos o seu verdadeiro dono.

Um mercado central, moderno, com opção turística, quem sabe, caberia bem no local.

O desafio está lançado!

O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *