Em terras santarenas, campeão olímpico relembra trajetória de sucesso no atletismo

De férias em terras santarenas, o campeão olímpico, João Batista Eugênio, 58 anos, natural da Paraíba, viveu momentos de glória durante sua carreira como velocista e atualmente participa do Projeto Ídolos do Atletismo Brasileiro da Confederação Brasileira de Atletismo (CBat).

Servindo de inspiração para cerca de 20 jovens atletas do projeto, João Batista Eugênio, conta sua trajetória com orgulho e continua na luta como apoiador do esporte que lhe rendeu várias medalhas.

“Fui atleta olímpico da década de 1980, participei de vários campeonatos, um deles foram os Jogos Sul-Americanos de Atletismo em Santiago do Chile, ganhei medalha de ouro nos 200 metros na categoria juvenil. Em seguida, participei dos jogos Pan-Americanos em Caracas na Venezuela, obtendo medalha de bronze com record no Sul Americano naquela época”, disse.

Sua carreira marcada por grandes vitórias o tornou um dos principais velocistas do Brasil e do mundo. Competiu também nos jogos Ibero-Americanos em Cuba, chegando a conquistar a prova de 200 metros, e no período seguinte esteve entre os primeiros colocados no 1º Campeonato Mundial de Atletismo, realizado em Helsinque, na Finlândia, em 1983.

A experiência adquirida no atletismo durante esses anos, o permite dividir com aqueles que sonham viver do esporte e alçar voos mais longe. “Estamos galgando até a Olimpíada de Paris para mostrar para a juventude e o povo do nosso país que hoje o atletismo é muito valoroso e existem muitos talentos. Quem sabe daqui pra Paris as coisas aconteçam e possamos conquistar mais medalhas olímpicas para nosso país”, finalizou.

O Impacto – Por Diene Moura

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.