Equatorial Pará anuncia implantação da subestação de energia em Alter do Chão

“O anúncio foi feito durante a Live Çairé 2021 – Auto dos Botos Tucuxi e Cor de Rosa, que aconteceu no último sábado, 05, véspera do aniversário do distrito mais famoso da região Norte”

A notícia da construção da nova subestação de energia na região oeste do Pará foi comemorada por autoridades e moradores de Alter do Chão. Serão investidos cerca de R$ 10,3 milhões em sua construção que se iniciará em Outubro de 2022 com previsão de término em Janeiro de 2023.

A nova subestação dará maior disponibilidade no sistema de energia para os atuais e futuros clientes da região aumentando a confiabilidade no abastecimento de energia do distrito de Alter do Chão e beneficiando cerca de 27.600 clientes dessa importante referência turística do Brasil que atrai muitos visitantes ao longo do ano.

A subestação de Alter do Chão está projetada para operar com tecnologias avançadas do segmento de alta tensão com sistema automático de recomposição do sistema em casos imprevistos. A comunicação da subestação será através de fibra óptica com monitoramento 24 horas realizado através do Centro de Operações Integradas da Equatorial Pará. A subestação também contará com a tecnologia de sistema de medição operacional a qual ajudará no controle de demanda de combate a perdas de energia na localidade.

Para o superintendente da Regional Oeste da Equatorial Pará, Brunno Margato, a proposta da subestação é contribuir no fortalecimento do desenvolvimento econômico, social e turística do local. “Trata-se de uma obra muito importante, uma vez que teremos mais uma oportunidade de melhorar os indicadores relacionados a qualidade do nosso principal serviço que é levar energia com mais qualidade e segura para os nossos clientes”, assegura.

A construção será realizada em uma área próxima do Sairódromo e prevê uma estrutura modular híbrida. Serão construídas duas saídas de alimentadores da subestação em 13,8 KV visando aumentar a qualidade no fornecimento de energia da área urbana e proximidades do distrito. A subestação de Alter do Chão será interligada pela construção de um alimentador de 34 quilômetros de extensão em 34,5 KV que será construído entre as subestações de Belterra (fonte) e Alter do Chão (carga).

A capacidade do novo empreendimento será de 6,3 MVA que trará melhoria e qualidade do atendimento à Alter do Chão, possibilitando absorver demandas reprimidas decorrentes do alto potencial turístico dessa região.

O Impacto com informações Equatorial Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.