Bocão Ed. 1405

INVESTIGAÇÃO  

A coluna recebeu uma grave denúncia contra uma autoridade que está em conluio com um guardador de minutas, com troca de favores financeiros e com esses benefícios só vive viajando.

INVESTIGAÇÃO 2

Segundo a denúncia esse local é um inferno. As pessoas fingem que trabalham, mas não fazem nada. Essa autoridade viaja toda semana, para curtir, tomando vinho importado com o comparsa, cujo apelido é Cla Cla. A jogada está no superfaturamento dos serviços.

INVESTIGAÇÃO 3

Nessa jogada rende muito dinheiro para ambas as partes, onde um deles já comprou uma mansão dos ricos e um carrão. A dupla sempre está em Belém tomando vinhos importados. Assim que o Dr. Piroga concluir a investigação, vamos declinar o nome da dupla dos vinhos importados.


CELSA BRITO    

A coluna recebeu de Brenda Campos a seguinte mensagem: A primeira-dama e secretária de Assistência Social Celsa Brito é reconhecida pela população pelo trabalho brilhante que vem executando. Sempre ao lado de um grande homem existe uma grande mulher. Esta máxima é muito comum quando se trata do desempenho, da disposição invejável, determinação e competência da primeira-dama e secretária de Assistência Social Celsa Brito. A secretária tem recebido elogios de toda a população por conta do trabalho de excelência que tem executado.

CELSA BRITO 2

Para o prefeito Nélio, o trabalho que vem sendo realizado por Celsa Brito e sua equipe tem sido de extrema importância para o município, já que a área social é a que está mais próxima da comunidade. Já foram executados planos, programas e projetos da assistência social com a soma de esforços para identificar, prevenir e assistir aos cidadãos, de forma que os seus direitos sejam garantidos, disse Nélio.

CELSA BRITO 3

Em sua mensagem, Brenda expõe que admira muito a disposição do casal Nélio e Celsa. Eles nos proporcionam muitas alegrias, diz Brenda, uma das beneficiárias do serviço do programa administrado pela Secretaria de Assistência Social.  Celsa é um grande exemplo de voluntária do nosso município, sempre muito atenciosa e simpática!


SOM DA PESADA  

A coluna recebeu a ligação da família de uma idosa reclamando da falta de fiscalização dos carros de som fazendo propaganda das lojas. Carlos, filho da senhora Graciete, enviou a seguinte mensagem: “Os carros de som aqui no centro estão perturbando com propagandas altíssimas. Passam dos decibéis permitidos. Minha mãe está estressada e passa mal com o barulho”. Carlos pede por gentileza que a fiscalização venha disciplinar essa avacalhação. Senão ele vai surtar e quebrar os vidros dos carros.

 


GOLPISTAS   

Se você tem algum precatório ou Rpv para receber, fique atento! Criminosos estão oferecendo uma falsa alternativa para que beneficiário receba o dinheiro mais rápido. O Golpe do precatório funciona assim: com base em listas publicadas pelas Varas de Precatórios dos Tribunais de Justiça, os estelionatários entram em contato com as vítimas, pedindo que elas efetuem pagamento de taxas para a suposta liberação.

GOLPISTAS 2

A alternativa de receber menos que o devido, mas de forma mais rápida acaba atraindo os servidores públicos. Especialistas explicam que os golpistas passam a impressão de licitude. Porém, pedem pagamento de recursos, e depois desaparecem. No whatsapp, os criminosos usam fotos de diretores de sindicatos ou até mesmo a logo da entidade, a fim de passar credibilidade.

GOLPISTAS 3

No Distrito Federal, diversos professores foram vítimas do golpe e chegaram a pagar até 10 mil reais, com a falsa promessa de receber o valor devido mais rápido. A orientação é a de sempre procurar pessoalmente orientação sobre valores a receber na justiça ou pelos canais de informação oficial. Em outro golpe, os bandidos apresentam um comprovante falso de um Banco e uma mensagem dizendo que o motivo do contato é sobre o precatório que a pessoa tem a receber.

GOLPISTAS 4

Não passe senhas de cartão, confira detalhadamente as informações e não faça transferência de valores, orientam os especialistas. Precatório é o reconhecimento de uma dívida do poder público municipal, estadual ou federal, que surge de uma ação definitiva e irreversível. A partir daí, a Fazenda Pública é obrigada a pagar a uma pessoa física ou jurídica. Lembrando que precatórios são valores acima de 10 salários mínimos e Rpvs são pequenos valores abaixo desse limite.


SORTEIO DE PISTOLA

O Promotor de Justiça Militar do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), Armando Brasil Teixeira, estabeleceu o prazo de 20 dias para que o Comandante Geral da Polícia Militar do Pará, Coronel José Dilson Melo de Souza Júnior, responda por escrito sobre a recomendação que expressa proibição, a todo o efetivo da Polícia Militar, de organizar e participar da distribuição de prêmios mediante sorteio de armas de fogo e munições, explosivos, fogos de artifício ou estampido, bebidas alcoólicas, fumos e seus derivados.

SORTEIO DE PISTOLA 2

O fiscal da lei solicita que a recomendação seja expedida para toda a tropa, através de Boletim Geral. Segundo Armando Brasil, a medida extrajudicial, considerou, entre os outros aspectos, o recrudescimento em todo o país de casos envolvendo sorteio de arma de fogo por policiais militares, cuja divulgação vem ocorrendo via redes sociais, inclusive no estado do Pará, o qual está sendo objeto de apuração por meio de inquérito policial militar no âmbito da Corregedoria Geral da Polícia Militar do Estado do Pará.

SORTEIO DE PISTOLA 3

O membro do MPPA cita ainda, o regulamento jurídico do Ministério da Economia, que proíbe expressamente a distribuição, a título de prêmios, armas, munições, explosivos, fogos de artifícios ou de estampido, bebidas alcóolicas, fumos e seus derivados.

SORTEIO DE PISTOLA 4

“Considerando que as condutas assinaladas no regulamento jurídico supramencionado, se praticadas por policiais militares nos termos do art. 9º do Código Penal Militar pode concretizar, em tese, crime militar e transgressão da disciplina”, argumenta o Promotor de Justiça.

SORTEIO DE PISTOLA 5

O caso, ao qual se referiu Armando Brasil, resultou na exoneração do comandante do Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Breves, no Marajó. O anúncio de sorteio de uma pistola, do tipo G2C .40mm, foi amplamente divulgado na internet. O ganhador da rifa também poderia opta por receber transferência de R$5 mil via pix. O valor para participar do sorteio era de R$10, e o montante seria convertido para construção de alojamento e pátio de formatura dos militares.

SORTEIO DE PISTOLA 6

A PM disse em nota que, “não autoriza atos de arrecadação pecuniária com esse tipo de finalidade e que a rifa foi cancelada”. Ainda segundo a corporação, a Corregedoria Geral instaurou um inquérito policial militar para seguir as apurações do caso e já exonerou o comandante do 9º Batalhão do município de Breves.

Por Baía

 

3 comentários em “Bocão Ed. 1405

  • 9 de maio de 2022 em 14:21
    Permalink

    eu estava passando em av. curua-una porque a PREFEITURA não faz um serviço de vergonha pois perto da ponte do Igarapé do Urumari não passa nem carroça de boi por favor seu Prefeito tomew vergonha e tire este rapaz que fica nesta SECRETÁRIA INFRAESTRUTURA, não é só na ida e volta para centro é uma vergonha ainda estão querendo passa para estado outro ponto no JUTAI perto de um posto para pode pegar a DOM FREDERICO é outra vergonha o buraco que tem engole um veiculo pequeno vamos ve se tapa estes buracos.

    Resposta
  • 6 de maio de 2022 em 09:01
    Permalink

    Bocão, penso eu que o senhor não conhece a Lei eleitoral, ainda NÃO está no período de fazer campanha eleitoral. Esse “elogio” que sua coluna faz a mulher do prefeito (que segundo informações será candidata a dep. estadual), no bom e velho português chama-se “”propaganda eleitoral antecipada””, e é CRIME eleitoral.

    Resposta
    • 6 de maio de 2022 em 11:31
      Permalink

      Bocão, acho que é moda aqui em Santarém. Tem um casal de uma repartição pública do Estado que vive viajando também. Não trabalham.
      Eles fingem que trabalham.

      Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.