Homem é preso por feminicídio após matar mulher trans em Tucuruí, PA

Erick Mateus Sousa Martins foi preso na última sexta-feira (17) pelo crime de feminicídio contra a ex-companheira Danielly do Carmo Santos, em Tucuruí (PA). A informação da prisão foi confirmada por uma fonte preservada. A mulher foi assassinada em frente a própria casa na quinta-feira (16). Danielly era uma mulher transgênero.

O suspeito está detido no Centro de Recuperação Regional de Tucuruí (CRRT), conhecido como Presídio de Tucuruí. De acordo com familiares da vítima, os dois tinham um relacionamento de cerca de três anos, o qual Erick não aceitava o fim. Antes do assassinato, o homem já estava foragido depois de golpear a vítima com uma faca na altura do pescoço, depois de uma discussão.

Daiane Santos, irmã da vítima, contou que após o crime, a família e amigos tentaram socorrer Danielly, que foi atacada na rua Cametá, no bairro Jardim São Francisco das Chagas. Eles acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que a levou à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, entretanto, a vítima não resistiu ao ferimento e morreu no local.

A vítima era uma mulher transgênero e trabalhava em um salão de beleza. Nas redes sociais, várias pessoas manifestaram indignação com o caso, já que Danielly era uma pessoa bastante conhecida e querida no município. Família e amigos se mobilizam com uma campanha para arrecadar fundos e custear o sepultamento.

Fonte: O Liberal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.