Fenômeno das “Terras Caídas” ameaça famílias do Urucurituba

Alguns pertences que restaram. Foto: Notapajos.com

63 pessoas estão correndo risco de ficar desabrigadas depois que o fenômeno das terras caídas avançou na comunidade de Fátima do Urucurituba, no município de Santarém. Aquela comunidade vem sofrendo a erosão pelo fenômeno que de forma violenta, leva casas e plantações.

A Defesa Civil do Município esteve no local para fazer o resgate das famílias, que já começaram a chegar no amanhecer do dia de hoje a Santarém.

As dificuldades foram muito grandes para atracar a embarcação que levava socorro aos moradores.

A representante da Defesa Civil, Eliene Amaral, esteve no local e ficou impressionada com o que viu. Eliene criticou a morosidade dos órgãos envolvidos, pela falta de medidas emergenciais.

Uma das casas que corre o risco de dasabar. Foto: Notapajos.com

O fenômeno das terras caídas é comum nas margens do rio Amazonas, que continuam em formação.

Esta não é a primeira vez que as famílias correm o risco de serem levadas pelas águas.

Ainda estão no local, pelo menos 4 famílias, que  resistem em sair, mesmo com o risco iminente de serem tragadas.

A Comissão de Defesa Civil do Município está recebendo donativos, para distribuir aos desabrigados, e providenciando local seguro para as famílias.

Quem quiser fazer as doações, poderá encaminhá-las à sede da Secretaria de Segurança Cidadã, na Travessa 15 de Agosto – nº 1011, bairro Santa Clara.

Dona Maria Francisca disse que teve uma noite de terror, tendo que salvar alguns pertences que restaram.

Ela pretende morar no Planalto, pois está traumatizada com o ocorrido.

Fonte: notapajos.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *