NEWS – ATUALIDADES

BOA NOTÍCIA!!!

Um homem vai ao quarto de seu filho para dar-lhe boa noite.  O garoto está tendo um pesadelo. O pai acorda-o e pergunta-lhe se ele está bem. O filho responde que está com medo porque sonhou que a tia Suzana havia morrido. O pai garante que tia Suzana está muito bem e manda-o de novo para a cama. No dia seguinte a tia Suzana morre. Uma semana depois, o homem volta ao quarto de seu filho para dar-lhe boa noite. O garoto está tendo outro pesadelo, e desta vez diz que sonhou que o avô havia morrido. No dia seguinte o vovô morre.  Uma semana depois, o homem vai de novo ao quarto de seu filho para dar-lhe boa noite. O garoto está tendo outro pesadelo. Desta vez o filho responde que sonhou que o papai havia morrido…O pai garante que está muito bem e manda-o de novo para a cama. No dia seguinte ele está apavorado.Tem certeza de que vai morrer. Sai para o trabalho e dirige com o maior cuidado para evitar uma colisão. Não almoça com medo de veneno; evita as pessoas, com medo de ser assassinado, tem um sobressalto a cada rua… Ao voltar para casa, ele encontra sua esposa e diz: – Meu Deus… Tive o pior dia de minha vida ! E ela responde, toda chorosa: – Você acha que o seu foi pior?!?… – E o meu chefe, que morreu hoje de manhã assim que chegou ao escritório!  MORAL DA HISTÓRIA : –  Há momentos em que ser corno é um alívio, e não um problema.

—————————————————

DEFINIÇÃO DO CONGRESSO BRASILEIRO, SEGUNDO “JOSÉ SIMÃO” COLUNISTA DA FOLHA DE S. PAULO. (INTERNET).

“Se Gradear vira Zoológico, se Murar vira Presídio, se Cobrir com lona vira Circo, se botar Lanterna Vermelha vira Puteiro, e se der a descarga,… não sobra Ninguém”.

—————————————————–

CLASSIFICADOS !!!

 CARROS : – Vendo – Chevetão zero bala, 74 jóia, boneca, tetéia. Todo amarelo, com alguns pontinhos cinza (alguns são marcas de bala, mas a maioria é durepox). Não sobe ladeiras, mas desce que é uma beleza. Tratar com Zé Mecânico. Tel: 5634-3232 – BMW 0KM; Apenas 5 mil reais. Direto del Paraguay. Documentación completa, pero aconsejo trocar la placa. No és preciso nueta fiscal, la garantia soi yo.

Tel: 6346-3443 –  ACOMPANHANTES: Lucrécia – Sou uma mulher séria, carente, carinhosa e quero me casar. Procuro homem solteiro, rico, com mais de 65 anos e com sérios problemas de saúde. Tel:2343-4556  Bip:1234 – ZUCA: Negão sarado, 2,15m.. Calço 49 e tenho algo maior que a barriga e não é o beiço.

Venha e descubra porque o meu apelido é “Bomba de Gasolina”. – CURRICULUNS: Dgito curriculus na ora, mais rapido que todos zotros digitadors,pelospre sso mais barato. – Tel: 2234-56788. – DETETIVE

Profissional de ótimo gabarito. Sigilo absoluto, qualquer tarefa. Não me procure, eu o encontrarei. – IMÓVEIS: 2 dormitórios – Venha morar num lugar onde todas as mulheres dão em cima de você. Aluga-se o porão do Motel Ping-Pong. Tratar com João Cafetão..Tel:987-6543. –  APARTAMENTO: Vendo apartamento grande, com varandão, salão, quartão, banheirão e cozinhão.  – Tratar com o João, vulgo “Nelson Ned”.  Tel: 5432- 1098 – CELA: Alugo cela de penitenciária com pouquíssimo uso. Tratar com Nicolau dos Santos Neto (Juiz TRT SP).  Tel: (171)-2254-9798 – Ramal 171 –  EMPREGOS: Empresário com dois pênis procura secretária bilíngüe. – NAMORADA: Precisa-se de namorada com automóvel. As interessadas devem mandar fotografias do automóvel. – OFERTAS/TROCAS: Adolescente troca caixas de brinquedos por revistas pornográficas. –  CÃO: Cão e sogra perdidos. Procura-se. Recompensa só pelo cão. – MÁQUINA: Vndo máquina d scrvr faltando uma tcla. – CAMISINHA: Troco caixas de preservativos vagabundos por roupas de bebê. – ÓTIMO NEGÓCIO: Troco sogra por víbora. Pago a diferença..- LÍNGUA

Troco pastor alemão por um que fale português. – PRÓTESES: Troco lindo Pitbull muito bravo por mão ortopédica e perna mecânica.

—————————————————–

APOSENTADORIAS -FATOR PREVIDENCIÁRIO DEVE VOLTAR À PAUTA DO CONGRESSO.

A pauta da Câmara já começa com um problema a ser resolvido: o que fazer com o fator previdenciário. O novo Ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho, admitiu que o fator prejudica os aposentados, e aceita a possibilidade de substituí-lo pelo aumento da idade mínima para a aposentadoria. Sua equipe técnica está estudando a forma de fazer isso sem que a troca acarrete aumento do déficit das contas do INSS — que vai para R$ 42 bilhões em 2011, se for mantido o salário-mínimo em R$ 540,00. O fator previdenciário é a fórmula aplicada para a aposentadoria, e leva em conta o tempo de contribuição do trabalhador, sua idade e a expectativa de vida dos brasileiros. O objetivo é incentivar o segurado do INSS a postergar sua aposentadoria, prolongando o tempo de contribuição, e reduzindo, a médio prazo, o déficit previdenciário. A tendência é de aumento de perdas para o trabalhador: com a nova expectativa de vida divulgada pelo IBGE, o cálculo do fator previdenciário foi alterado. De acordo com o INSS, considerando-se a mesma idade e tempo de contribuição, um segurado com 55 anos de idade e 35 anos de contribuição que requerer a aposentadoria a partir de agora terá que contribuir por mais 41 dias para manter o mesmo valor do benefício. O Economista e Professor da Universidade de Brasília (UnB) Roberto Piscitelli avalia que, com o aumento da expectativa de vida do brasileiro, o País não terá como fugir de modelos que retardem a idade mínima para a aposentadoria.

—————————————————–

LEIS DESRESPEITADAS!!!

Apesar da obrigação legal das empresas atenderem os consumidores que ligarem por telefone IMEDIATAMENTE, (01minuto DECRETO 6.523/2010), algumas das grandes continuam a dar um chá de cadeira e de ouvido em todos nós, ignorando solenemente a obrigação legal! – Uma leitora informou que uma empresa de telefonia, semana retrasada, quando atendeu, deixou-a mais de 20 minutos no telefone, após ter ligado diversas vezes sem resultado. O que fazer ? – Se sentir-se prejudicada, o Juizado do Consumidor, com Ação de Danos e Indenizatória. – Se sentir-se ultrajada com o pouco caso, ligue para a ANATEL, e reclame! – Faça valer o seu direito, coisa que o brasileiro no geral, desconhece, e ignora, por isso todas elas abusam!!!.

—————————————————–

ESTUDANTE DE MEDICINA DISPENSADO DO SERVIÇO MILITAR ATÉ OUTUBRO DE 2010 NÃO PODE SER CONVOCADO APÓS O CURSO.

Estudantes de Medicina, Farmácia, Odontologia e Veterinária dispensados por excesso de contingente até 26 de outubro de 2010 não estão sujeitos à prestação do serviço militar obrigatório após o término do curso. A tese foi definida pela Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em julgamento de um recurso repetitivo, o que orientará as demais instâncias em decisões sobre o assunto. O entendimento aplica-se apenas aos casos anteriores à Lei nº 12.336/10, que alterou normas do serviço militar obrigatório. Tanto o juízo de primeiro grau quanto o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) declararam o ato de convocação nulo, dispensando o ex-estudante. A União recorreu ao STJ, argumentando que mesmo os estudantes dispensados estão sujeitos à convocação até um ano após o término do curso. Para isso, baseou-se no § 2º do art. 4º da Lei nº 5.292/67, sobre a prestação de serviço militar pelos MFDV. A tese foi rejeitada pela Seção.Fonte: STJ

—————————————————-

BOIA-FRIA GANHA R$ 10 MIL POR DANOS MORAIS PROVENIENTES DE ATRASOS NO SALÁRIO

Um boia-fria, contratado pela Usina Central do Paraná S.A, ganhou na Justiça do Trabalho o direito a uma indenização de R$ 10 mil pelos danos morais decorrentes de constantes atrasos no pagamento de salários. A Terceira Turma do Tribunal Superior do Trabalho entendeu que o dano ao trabalhador, nesses casos, é presumido, na medida em que, tendo como único meio de subsistência o salário, que não lhe foi pago no momento próprio, certamente não possuía recurso para saldar dívidas e compromissos financeiros assumidos em face da necessidade de sobreviver. O trabalhador rural foi contratado em junho de 1991 para o corte e plantio da cana de açúcar. Ainda na constância do contrato de trabalho, ajuizou reclamação trabalhista pleiteando, dentre outros, indenização por danos morais decorrentes dos atrasos costumeiros no salário. Disse que ficou impedido de saldar compromissos financeiros, como o pagamento de água e luz, supermercado e farmácia, pois seu salário não era pago na data devida. Em alguns meses, segundo a petição inicial, o atraso superou 45 dias. Ele contou, ainda, que ficou conhecido na região como mau pagador, e virou motivo de chacota e de cobranças vexatórias por parte de seus credores. Para conseguir sobreviver e manter sua família, foi obrigado a pedir o auxílio de parentes e amigos. Pelos danos morais, pediu R$ 20 mil de indenização. A empresa, em contestação, alegou a falta de prova dos danos alegados. A sentença não foi favorável ao trabalhador. Segundo o juiz, não houve prova da “efetiva repercussão negativa na vida do autor” proporcionada pelos atrasos de pagamento de salários. Insatisfeito, o rurícola recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR). Para o colegiado regional, houve, sim, o dano moral. “A retenção injusta e ilegítima dos salários de forma reiterada proporcionou ao empregador, à custa de humilde trabalhador, enriquecimento sem causa, pois enquanto para o trabalhador o salário é meio de subsistência, para o empregador é fonte de aplicação financeira e ganho de renda até que o converta a seus empregados”, concluiu o Regional. A indenização foi fixada em R$ 10 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *