Poluição sonora na orla será fiscalizada com rigor pela Prefeitura

Equipes da SEMMA atuarão junto com a Polícia Militar

A secretaria municipal de Meio Ambiente (SEMMA), da prefeitura de Santarém, através do setor de Fiscalização, tem intensificado as fiscalizações noturnas, sobretudo, na área urbana do Município, no sentido de coibir e punir os condutores de veículos que utilizam som automotivo acima do volume permitido por lei, causando assim, poluição sonora.

Por meio das ações, já foram apreendidos sons automotivos e notificados seus respectivos condutores. O trabalho é realizado em parceria com o 3º Batalhão de Polícia Militar, por meio do Pelotão Ostensivo e do Pelotão de Trânsito, bem como a Polícia Civil também atuará na repreensão.

As denúncias de poluição sonora podem ser comunicadas a qualquer hora do dia à SEMMA, que dispõe do serviço de Disk Denúncia, através do número 3529-1001, mas as fiscalizações acontecem somente de quinta a domingo, no horário de 20h às 4h.  

PREFEITURA DE SANTARÉM INTENSIFICA OBRAS EM ALTER DO CHÃO

Polícia Civil também combaterá polluição sonora na Orla

Na Vila balneária de Alter do Chão, o clima já é de festa. Os preparativos para o Sairé 2011 estão sendo ultimados e a prefeitura de Santarém continua a executar obras e serviços visando melhorar a infraestrutura do local.

Em Alter do Chão, estão sendo realizados trabalhos de manutenção em ruas já asfaltadas, troca de lâmpadas apagadas, terraplenagem de vias, além do recapeamento da Rua Dom Macêdo Costa.

As equipes de limpeza da SEMINF e da empresa Clean Service também estão em Alter do Chão fazendo capina, recolhimento de resíduos e varrição em praças e outros espaços públicos. Na praça do Sairé e no Lago dos Botos, local das apresentações, está sendo feita a montagem de arquibancadas, barracas e recuperação de calçadas.

O Sairé será realizado este ano, no período de 15 a 19 de setembro.

Banheiros – Para Alter do Chão, a prefeitura de Santarém iniciou na tarde de ontem, a instalação de seis contêineres, cada um com cinco banheiros. Desses, quatro ficarão dentro do Sairódromo e dois do lado de fora, na praça do Sairé.  Os contêineres são estruturas fixas, com fossas e sistema hidráulico próprio.

Nas praias de Alter, serão instalados quatro banheiros químicos, sendo dois na praia do Cajueiro e dois na popular Ilha do Amor. 

Planalto – A SEMINF volta a realizar manutenção em ruas da comunidade de Boa Esperança, zona rural de Santarém. A secretaria atua com uma equipe de terraplenagem para garantir trafegabilidade nas principais vias da comunidade. Outra máquina da Prefeitura executa terraplenagem na Silvério Sirotheau, bairro Liberdade. A rua será asfaltada no perímetro entre a Raimundo Fona e o Lago do Mapiri.

Turiano Meira – Segue o recapeamento da Turiano Meira. A frente de trabalho está atuando próximo ao cruzamento da Avenida Borges Leal. A obra é executada pela empresa SANENG (Santarém Engenharia).

EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO FARÁ PARTE DO SAIRÉ

No período de 15 (quinta-feira) a 18 de setembro (domingo), a secretaria municipal de Transporte (SMT), em parceria com o Centro de Testagem Anônima (CTA), da secretaria municipal de Saúde (SEMSA) e a empresa Mônaco, promoverão ações de educação no trânsito com o objetivo de promover uma festa do Sairé segura, sem acidentes e sem a transmissão de doenças sexuais.

Tanto na estrada como na Vila de Alter do Chão, haverá a distribuição de materiais educativos de trânsito e de saúde, com os preservativos.

Nos dias 15 e 16 de setembro, as ações serão concentradas na praça do Sairé a partir das 18h. No dia 17, haverá uma blitz educativa de trânsito e saúde na Ferando Guilhon, em frente à empresa Perpétuo Socorro, no horário de 18h às 21h. No dia 18 de setembro, a blitz será no mesmo local, só que no horário de 10h às 13h.

COMUNITÁRIOS DA VÁRZEA SERÃO ATENDIDOS POR PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Neste sábado, 10 de setembro, uma ação de promoção e prevenção à saúde será realizada nas comunidades de Boca de Cima do Aritapera e Carapanatuba.

A iniciativa é do governo municipal que destacará para as referidas comunidades, profissionais da Equipe da Divisão de Unidade e Atendimento –DUA, da secretaria municipal de Saúde (SEMSA).

Os atendimentos serão feitos no horário de 8h às 13h, através da oferta de consultas médicas, odontológicas e de enfermagem; teste de glicemia; aferição de pressão arterial; teste rápido Anti HIV; imunização com as vacinas; avaliação do Bolsa Família na Saúde, entre outros.

A ação tem por meta facilitar o acesso dos comunitários que residem distantes da área urbana de Santarém aos serviços básicos de saúde.

Mais informações: Enfermeira Eulália Ramos  (Assessora de Saúde de Rios) – 9197-8950.

Por: Nelma Bentes

Um comentário em “Poluição sonora na orla será fiscalizada com rigor pela Prefeitura

  • 13 de setembro de 2011 em 09:02
    Permalink

    Duvido que quando eles pegarem filhinhos de papai eles façam alguma coisa,parece que tem medo de perder seus cargos.

    Resposta
  • 13 de setembro de 2011 em 08:56
    Permalink

    Olha que esse inferno já acontece a muitos anos,não é só carro de pseudos playboy,é tambem carro propaganda,carros anunciando igrejas evangélicas,lojas com caixas no meio da calçada,nas próprias casas,postes com caixa com aquele som xoxo e alto e até bicicleta propaganda,imagine.Infelizmente nossos governantes não fazem seus devidos trabalhos com rigor.Mais torço para que isso seja finalmente realizado.

    Resposta
  • 12 de setembro de 2011 em 11:36
    Permalink

    A Prefeitura deveria disponibilizar um lugar pra esses jovens que gostam de ouvir suas musicas altas.Porque aqui em Santarém tudo é proibido, nao to defendente porque se fosse só esses carros, mas tem carro som que fazem propragandas de igreja evangelicas passam pelas nossas ruas e faltam quebrar os vidros de nossas casa por causa da altura. Sou a favor que a Prefeitura disponibilize um local onde os jovens de Nossa Cidade possam ouvir o som deles a vontade, sem prejudicar ninguem.

    Resposta
  • 10 de setembro de 2011 em 14:13
    Permalink

    Ontem a pauleira começou desde o meio dia e foi até as oito da noite, no maior volume, isso porque foram denunciados no feriado, a PM esteve no local, logo em seguida eles arrepiaram o som de novo e ficaram ameaçando que o chão ia tremer de novo…e tremeu…teve vizinho passando mal com pressão alta, e vocês não vão fazer nada? Agora eles colocam o carro na garagem e querem escutar o som do fundo do quintal, imagine só a barulheira…vamos confiscar as caixas de som gente, façam alguma coisa, por favor! Ah o nome dos arruaceiros…Samuel e Rubens, são vizinhos, mora um de frente para o outro…quando um coloca o som alto o outro concorda…e ainda gritam para ficar pior a situação…SEMMA haja com rigor, já foram feitas dezenas de denúncias e eles estão ganhando de vocês…e ainda riem!

    Resposta
  • 10 de setembro de 2011 em 14:06
    Permalink

    Se a poluição sonora fosse só na orla, mais nos bairros também existem esses condutores que colocam enormes caixas de som nos veículos e ficam atormentando a vizinhança, as denúncias são feitas a SEMMA e a PM, eles até que fiscalizam, mais ao virarem as costas, eles aumentam o volume que até o chão treme, e ainda riem da cara de quem denunciou e dos órgãos fiscalizadores…alô pessoal da SEMMA são dois loucos da Travessa Margarida, entre Girassol e Verbena, no Jardim Santarém, eles dizem que vocês não tem moral para eles…e aí como é que fica?

    Resposta
    • 8 de fevereiro de 2012 em 23:16
      Permalink

      fico vendo estas situações concordo pós poluição sonora incomda os visinhods quando e utilizado dentro de residencias, pos eu tenho equipamento de som no meu carro, pós numca liguei dentro de minha residencia ate por que eu tenho uma filha de 2 anos e respeito as visinhos, para manter uma boa conduta. mais data 31/01/12 estive na orla comemorando aprovamento em uma materia de um curso estava com som ligado em uma altura não abusiva pelo que entendo, pos som foi recolhido pela ( SEMMA ) o fiscal acompanhado com policial atuaram e levaram meu som nem se quer chegaram e nem pediram para que abaixar-se o som pós ma quele momento havia outros som de veiculos ligados, pos informo já vi algumas vezes pessoas com som ligados e colegas dos funcionarios fiscais da ( SEMMA ) que ficam bebendo na orla com som ligado e simplesmente eles chegam e pedem para baixar o som neste caso fique muito indignado pelo o que fiseram sou cidadão de bem pagos minhas dividas e impostos, não tenho tempo para ficar disputando som em rua , infelizmente tive um azar naquela noite mais ja fiz minha defesa para posse do meu som espero que setor juridico entenda meu pedido acate.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *