Ibama apreende mais de 50 toneladas de peixe em Santarém

Pescado apreendido
Pescado apreendido
Fiscais do Ibama que participaram da Operação
Fiscais do Ibama que participaram da Operação
Sub-oficial Almir, da Capitania dos Portos, deu apoio à Operação
Sub-oficial Almir, da Capitania dos Portos, deu apoio à Operação

Uma operação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), com o apoio da Polícia Civil e Delegacia dos Portos de Santarém, denominada de “Rios Federais”,  realizada na madrugada de domingo, dia 17, resultou na apreensão de mais de 50 toneladas de peixes, a maioria da espécie Mapará, em cinco embarcações no município de Santarém, Oeste do Pará.
As embarcações foram levadas para o porto da Vera Paz, entre os portos da Cargill e Companhia Docas do Pará.
Segundo o chefe de fiscalização do Ibama, Paulo Lopes, que coordenou a Operação iniciada há uma semana, cinco embarcações foram apreendidas. Três embarcações estavam na comunidade de Curuai, região do Lago Grande; uma embarcação na cidade de Terra Santa e a quinta embarcação havia deixado a cidade de Curuá, próximo ao município de Alenquer.

Embarcações apreendidas
Embarcações apreendidas

De acordo com o chefe de fiscalização do Ibama, os comandantes das embarcações não apresentaram os documentos que comprovam a origem do pescado, por isso todos foram autuados, o peixe foi apreendido e no domingo mesmo foi distribuído para várias entidades que atuam na área social.

Uma das embarcações não está autorizada a exercer a pesca e nem o transporte de pescado no rio Amazonas, por isso, o comandante da embarcação foi autuado e vai responder perante a Justiça e Secretaria de Meio Ambiente.

O peixe foi capturado nos últimos dia do defeso, período que a pesca fica restrita para garantir a reprodução dos peixes. O defeso encerrou dia 15 de março. Pescar nessa época é considerado crime ambiental e pode resultar em multa e apreensão.

“Os responsáveis serão autuados, receberão uma multa de R$ 700,00 a R$ 100.000,00 com acréscimo de R$ 20,00 por kg de pescado apreendido. As embarcações apreendidas e o pescado também apreendido e será doado para instituições de caridade”, explica o chefe de fiscalização do Ibama.
Apreensão 4 toneladas: No sábado, 16, também em Santarém, a operação apreendeu 4 toneladas de pescado capturado de forma ilegal. A embarcação utilizada no transporte ilegal dos peixes foi abordada no trecho conhecido como ‘Ponta Negra’, dos rios Tapajós e Amazonas e seguia para Santarém. O comandante do barco explicou que estava apenas fazendo a travessia do material até à Feira do Pescado em Santarém. Além do peixe, o Ibama apreendeu a embarcação e emitiu punições.

Fonte: RG 15/O Impacto e notapajos.com, com fotos de Bena Santana

Um comentário em “Ibama apreende mais de 50 toneladas de peixe em Santarém

  • 19 de março de 2013 em 13:47
    Permalink

    Caramba… é muito peixe. Só não consigo compreender como é possível, com a abundância de peixe em nossa região, o preço do mesmo ser bastante \”salgado\” para a nossa população. A lei da oferta e procura parece não prevalecer.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *