Semma apreende extração de madeira ilegal em Curuá

Madeira apreendida
Madeira apreendida

Ao contrário de que culturalmente os ex-secretários de meio ambiente realizava apenas apreensão de apetrechos e pescados dos pescadores de mapará, o atual secretário Júnior Ferreira vem quebrando esse paradigma. Na forma da lei vem cumprindo na íntegra suas atribuições inerentes a pasta.

A Constituição Federal elenca no artigo 225 que todos têm o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e a coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para a presente e futuras gerações.

Neste contexto, as condutas e atividades consideradas lesivas ao ecossistema, devem ser sumariamente coibidas. Afinal, as florestas são patrimônio nacional e não de uma minoria capitalista que explora madeira proibida por lei (castanheiras) de forma ilícita e ilegal. Ou seja, a lei determina que quem dizima a floresta sem critérios e/ou sem autorização de órgãos competentes, comete crime ambiental.

Assim sendo, toda e qualquer extração de madeira deve ser através de projeto de manejo. Só assim, a exploração não trará significativa degradação ao meio ambiente. Em síntese, a apreensão da madeira realizada no município de Curuá contrariou interesses econômicos. Entretanto, a fauna, a flora, a biodiversidade, e a mãe natureza agradecem.

PÁRA-QUEDISTAS: Como em 2014 vai ter eleições, sinicamente já começam os conchavos e uma verdadeira avalanche de políticos acertando visitas a nossa região. Esses promesseiros, enganadores e mentirosos só querem o voto de nossa gente. Quando se elegem tomam doril e só aparecem de 4 em 4 anos. Além de esses politiqueiros terem a pretensão de se perpetuar no poder, ainda são contra a criação do nosso Estado. Eu aumento, mas não invento. Reflitam sobre isso!

RELIGIÃO: A comunidade do Catespero celebrará as festividades de sua padroeira Nossa Senhora de Fátima. A programação Religiosa e Profana será no período de 10 a 13/05/2013. Pela participação de todos neste ato de fé. Agradece a Distribuidora Auzier

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *