Bocão Ed. 1235

JORNAL O IMPACTO

No dia 3 de fevereiro de 1995, o semanário mais Polêmico, Atualizado, Audacioso, Corajoso e Verdadeiro da Amazônia publicava sua primeira edição. São 24 anos dedicados a manter seus leitores bem informados sobre o que acontece em Santarém e Região.

Em quase duas décadas e meia, o jornal O Impacto mantém seu compromisso na defesa da justiça e na luta contra as arbitrariedades que afetam o cotidiano da população. Para recordarmos e termos a certeza de que trabalhamos arduamente na defesa da sociedade e no direito à informação, transcrevemos abaixo o Editorial da 1ª edição:

“Há quem diga que rotular um jornal como independente nos dias de hoje é querer comprar a consciência do leitor, pois a proeza é impossível. Na sua totalidade os meios de comunicação do Brasil atual, dos maiores aos menores, estão ligados ou comprometidos com governos Municipal, Estadual e até Federal; políticos, partidos, ideologias, etc. O jornal, rádio ou canal de televisão que não está sendo mantido pelo governo pertence à oposição e vice-versa. Isso, entretanto, não é regra. O que deveria ser a exceção tornou-se normal. Isso não quer dizer, em absoluto, que um pequeno semanário de Santarém, como O Impacto, que está sendo lançado hoje, possa revolucionar o sistema de comunicação desta região, nem tão pouco criar um fato inédito na história política social e econômica do Brasil. Mas poderemos ser, quem sabe, uma gota d’água no oceano em busca dos verdadeiros princípios da imprensa“.

JORNAL O IMPACTO 2

”Sabemos do compromisso e da responsabilidade que teremos em manter um informativo com estilo de independência e seriedade, inovando e se aperfeiçoando de novos horizontes. Sabemos também dos espinhos que teremos de enfrentar ao andarmos por esse caminho, mas teremos do nosso lado o incentivo e a força dos que ainda acreditam que uma sociedade nova possa nascer das cinzas da maldade, da injustiça, da inveja e da ignorância. Vamos procurar manter a independência, contribuindo com a justiça e junto com a sociedade partir para: Impedir a injustiça; manter a ordem; praticar o bem comum; anular a arbitrariedade; combater a corrupção; trazer a moral; e obedecer ao direito de justiça. Eis o compromisso que firmamos com a implantação deste informativo. Estaremos presentes em todos os acontecimentos para esclarecer à sociedade a verdade dos fatos“.

JORNAL O IMPACTO 3

Logo na sua primeira edição, o jornal O Impacto demonstrou a todos que veio para marcar história. Não temos dúvidas, apesar da luta diante de cenários muitas vezes desfavoráveis, o seu Diretor-Presidente, Admilton Almeida, equipe de colaboradores, articulistas e colunistas mostraram suas capacidades de revolucionar o jornalismo no interior da Amazônia. Importante salientar que as mudanças que aconteceram em nossa sociedade, foram rapidamente absorvidas pela linha editorial do semanário.

JORNAL O IMPACTO 4

Ter semanalmente a realidade do dia a dia da população estampada e refletida nas páginas do O Impacto, tem sido um marco histórico na imprensa santarena e do oeste do Pará. Desde da entrada no século XXI, tornou-se comum a previsão do fim do jornal impresso. Porém, seguimos em frente buscando um jornalismo que faça a diferença na vida das pessoas, e por isso, O Impacto, apesar de possuir ferramentas nas novas mídias – em especial as online (Site, TV Web, páginas nas redes socais, etc) – continua alcançado números surpreendentes de venda da edição impressa. Frente aos meios modernos de produzir notícias, a equipe de O Impacto trabalha para continuar fazendo a diferença. Coerente com a missão que se propôs, o empresário Admilton Almeida, empreendedor visionário, que há 24 anos, contra tudo e todos, demonstrou ser capaz de lutar por uma sociedade melhor. Como colunista deste importante meio de comunicação, quero externar meus votos de parabéns a todos que fazem do O Impacto, um tremendo sucesso. Também quero agradecer a nossos leitores, parceiros e anunciantes que são a razão de existir dessa instituição tradicional da comunicação mocoronga.

ABUSO NA ORLA

O prefeito Nélio Aguiar tem de implantar, urgentemente, a Faixa Azul na orla de Santarém e adjacências, para acabar com os abusos dos flanelinhas, assim como também dos usuários. Em alguns pontos da orla você não pode estacionar, pois a vaga fica reservada. Isso sem falar que se você não pagar ao flanelinha, pode ter o carro riscado ou o pneu furado. Só para colaborar, já existe um aplicativo pra esse serviço, inclusive mostrando onde existe vaga livre para estacionar veículos.

OBRA QUASE PARADA

Várias obras eleitoreiras do governo Jatene não foram concluídas em Santarém, uma delas é o ginásio Poliesportivo, que está a passos de tartaruga, quase parando. Segundo informações, a empresa Stylus Construção Civil e Serviços, responsável pela obra, está há dois meses sem receber o repasse de verbas necessário para o andamento da obra. O fato causou a demissão de vários operários, o que compromete diretamente o cronograma da obra, além das chuvas do período que dificultam o andamento de alguns serviços.

OBRA QUASE PARADA 2

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Construção Civil informou que deve acompanhar o processo de desligamentos dos funcionários. A obra, orçada em mais de RS 6 milhões, iniciou em 2013 e após um período de paralisação, foi retomada em 2017. Chegou a contar com 105 funcionários e à medida que parte da estrutura de concreto foi avançando o efetivo foi sendo reduzido. Até o fim de 2018, o canteiro contava com 60 funcionários, dos quais 18 foram dispensados nas últimas semanas. Caso o repasse de verbas seja normalizado pelo governo do Estado, tudo pode ser concluído em 2 a 3 meses. O prazo máximo de entrega seria junho, o mês em que Santarém faz aniversário. Na quinta-feira (31/01), uma visita foi realizada no ginásio Poliesportivo, pelo Secretário Regional de Governo, Henderson Pinto, a pedido da Secretaria de Desenvolvimento de Obras Públicas do Estado, para verificar a atual situação da obra e a partir daí, emitir um relatório com as informações levantadas. Tomara que o governador Helder investigue mais essa obra que não foi concluída pelo ex-governador Jatene.

CRATERA

Leitor da Coluna encaminhou denúncia para falar sobre algumas ruas da periferia de Santarém, que estão quase que intrafegáveis. Um exemplo é a Rua Angélica, entre as ruas Orquídea e Margarida, no bairro Jardim Santarém, onde uma gigantesca vala se formou, causando profunda apreensão aos moradores prejudicados e vários acidentes já aconteceram, como um veículo que caiu e seu proprietário teve grandes prejuízos. Isso sem falar em uma grande poça de lama que se formou no local. O prefeito Nélio deve puxar a orelha do secretário Daniel Simões, para tomar as providências cabíveis.

Por: Emanuel Rocha

30 comentários em “Bocão Ed. 1235

  • 5 de fevereiro de 2019 em 20:04
    Permalink

    meu caro bocão tu sabia que estão querendo abafar diga solta o velho tarado do bairro prainha que pega a garotinha desde aos 08 anos de idade hoje tem 11 anos, meu caro bocão diz as bocas felina que vão soltar por quantia vamos colocar para cima bocão não vamos deixar de lado pois este velho tarado tem que está preso junto com estas turminhas boa no presidio.

    Resposta
  • 5 de fevereiro de 2019 em 13:31
    Permalink

    Frank Batista o chefe do pt de cleide.

    Ficar atento

    Resposta
    • 5 de fevereiro de 2019 em 14:43
      Permalink

      Aquele q,desviou 10 milhões do INCRA e é o cara das ONGs e do. PT.!
      Não acredito..

      Resposta
    • 7 de fevereiro de 2019 em 15:11
      Permalink

      passei hoje no incra pois só um agricultor e não vi ninguém fazendo limpeza o que aconteceu com o pessoal me diga o rapaz que vai ser o super indicado pela turma de um rapaz que está falando pelos corredores.

      Resposta
  • 1 de fevereiro de 2019 em 17:29
    Permalink

    Jornal que não teme, jornal que publica o que acontece. Parabéns a todos que fazem parte do Jornal O Impacto.

    Resposta
  • 1 de fevereiro de 2019 em 11:27
    Permalink

    Parabens ao Jornal O Impacto. O Melhor e mais atualizado. Nesse eu confiou. Sempre informando. Minha leitura. Para a equipe e a sua diretoria.

    Resposta
  • 1 de fevereiro de 2019 em 07:34
    Permalink

    Aos amigos os benefícios e manobras da lei. Aos inimigos o ocultismo rigoroso que a lei pode fazer. Por isso as casas de juruti velho não foram construídas até hoje.

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 23:39
    Permalink

    Os terreiros de macumba estão agendados para a turma do pt de juruti velho para não serem investigados.

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 22:01
    Permalink

    Este INCRA enriqueceu em cima das casas de juruti velho.
    Mas devolver o roubo nada até agora!!!!!!

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 21:53
    Permalink

    Pior que o ginásio é as casas fantasmas de juruti velho que a quadrilha do pt fo INCRA do Cândido neto da cunha roubou 524 casas enterradas na lama da corrupção.

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 16:36
    Permalink

    Felicitações ao jornal O Impacto.
    Gostaria de dizer que faixa azul não resolveria na orla. Tem que achar outras soluções para os flanelinhas da orla e intermediação como a Francisco Correa

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 16:36
    Permalink

    A putaria é grande mesmo ali na orla
    Tem fanelinha que qdo a gnt não dá dinheiro, eles chutam nosso carro
    Falo isso pq já aconteceu cmg.
    Outra, qdo a gnt dá 2 reais eles ainda reclamam xingando a gnt

    Essa é a Santarém que eu gosto!
    #só que não#

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 16:25
    Permalink

    Pior que não é só ai nessa rua que tem crateras… ai no centro ta abrindo cada uma que pra dirigir tem que ser com trator
    Poooow Santarém não recebe nem maquiagem…

    owwww saudade da Maria

    Resposta
    • 5 de fevereiro de 2019 em 20:07
      Permalink

      meu caro paulão a maria vem ai

      Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 16:16
    Permalink

    Parabéns ao jornal O Impacto, seu Diretor – Presidente Almeida, ao Jefferson editor – chefe, ao time de renomados colunistas sociais Jorge Serique, Mirian e Castanho e a todos da equipe. Merece grande comemoração.

    Resposta
    • 31 de janeiro de 2019 em 17:15
      Permalink

      Obrigado, pelas felicitações. Nosso jornal sempre estará à serviço do povo, mostrando a realidade dos fatos.

      Resposta
    • 31 de janeiro de 2019 em 17:22
      Permalink

      Obrigada pelo reconhecimento
      Agradeço também ao SR Admilton pela oportunidade dada de colaborarmos no crescimento do Jornal O Impacto.

      Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 16:13
    Permalink

    BOCÃO ESTIVE HOJE NO INCRA E CONVERSANDO COM UM SERVIDOR ELE ME DISSE O SEGUINTE TEM UNS FUNCIONÁRIOS QUE JÁ ESTÃO ATÉ ANDANDO EM TERREIROS DE MACUMBA , PARA QUE A BARRAGEM DA ALCOA , ESTOURAR E LEVAR AS 500 CASAS DAS 1024 QUE O INCRA LIBEROU O DINHEIRO OU SEJA 11.889.000,00 SÓ ASSIM SALVA A TURMA DO PT, CLEIDE LUCIANO BRUNET VAGNER GARCIA EDMUNDO E DOIS SERVIDORES QUE RECEBERAM AS CASAS , ARMARIA ATÉ MACUMBA

    Resposta
    • 31 de janeiro de 2019 em 21:49
      Permalink

      Nem macumba esconde o roubo público de juruti velho a turma do pt já rasgou muitas provas mas não conseguirá queimar ou enterrar estas casas fantasmas.
      Com a palavra o poder judiciário de Santarém.

      Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 16:06
    Permalink

    Tinha que pegar este SECRETÁRIO incompetente e fazer ele PUXAR este carro nessa vala, para ele ter vergonha na cara

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 16:04
    Permalink

    Parabéns ao jornal impacto

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 15:30
    Permalink

    Parabéns ao jornal O Impacto. O melhor jornal de Santarém

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 15:29
    Permalink

    Pra onde está indo o dinheiro do nosso IPVA? Pagamos um absurdo de ipva para manutenção das ruas, mas tem ruas que são totalmente in-trafegáveis.

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 15:27
    Permalink

    Essa faixa azul não vai funcionar, afinal não é certo querer começar a cobrar e não ter ruas dignas para trafegar.

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 15:25
    Permalink

    O sonho de uma pessoa, que unido ao talento e boa vontade de várias outras, tornou-se realidade! E hoje, faz com que o Jornal O Impacto seja o mais completo. Parabéns Dr Almeida, parabéns a todos !!!!

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 15:20
    Permalink

    Empreendimentos que começam a ser construídos sem recursos assegurados, típico de Jatene, típico de alguns políticos, típico de Brasil.

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 15:12
    Permalink

    Até parece, a cidade não tem nem ruas descentes para trafegar imagine Faixa Azul, abandone a ideia. Isso não vai sair do papel é nunca.

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 15:09
    Permalink

    Como é o nome desse aplicativo?

    Resposta
  • 31 de janeiro de 2019 em 15:07
    Permalink

    Parabéns ao Impacto. E nesta data gostaríamos de parabenizar a todas as pessoas, que de uma maneira ou de outra fizeram este jornal enaltecer o que acontece em nossa cidade e vizinhança nos últimos 24 anos.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *