Contaminação de covid-19 entre PMs que participavam de curso em Santarém pode ter sido causada pela variante Delta

Amostra coletadas dos policiais militares foram encaminhadas para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que fará o sequenciamento genético que apontará se os pacientes foram contaminados pela variante Delta do novo coronavírus.

Segundo informações, os militares de Santarém e de outros municípios participavam de um curso de aperfeiçoamento de sargentos, promovido nas dependências do 3º Batalhão da Polícia Militar de Santarém (3º BPM).

Apesar de todos já terem sido vacinados, dos 94 participantes, 53 foram infectados pelo novo coronavírus. A maioria apresentou a forma assintomática da doença, no entanto dois  encontram-se hospitalizados, sendo um em estado grave, conforme informou uma fonte à reportagem do O Impacto.

Por conta da vacinação Santarém já está praticamente se movimentando como antes: aglomerando, reabrindo o comércio, praias, bares, permitindo shows, etc. No entanto a queda no número de casos da covid-19 não significa que a pandemia já acabou, ou seja, a população ainda deve se proteger contra o vírus.

Apesar do comportamento mais “liberal”dos cidadãos em relação a pandemia, no início desta semana muitos se assustaram com a divulgação da notícia que 50 policiais militares que estavam participando de um curso no município testaram positivo para a covid-19.

RG 15 /O Impacto

Um comentário em “Contaminação de covid-19 entre PMs que participavam de curso em Santarém pode ter sido causada pela variante Delta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *